19 de jul de 2014

Segurança ferido em assalto a carro-forte é lutador de jiu-jitsu do Bahia

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Um dos seguranças que foram espancados durante um assalto a um carro-forte, na BA-052, que recolhia dinheiro da região de América Dourada, na Chapada Diamantina, nesta sexta-feira (18), é lutador de jiu-jitsu do Esporte Clube Bahia.

William Ramos trabalha como segurança quando não está nos tatames e, segundo o coordenador da equipe, João da Hora, seu estado oscila entre estável e grave. William chegou inconsciente ao Hospital Regional de Irecê e teve as artérias respiratórias queimadas por conta da explosão do carro-forte.

Ainda de acordo com João, o lutador passou por traqueostomia, procedimento feito para que o paciente possa respirar melhor, e, ainda, passou por uma cirurgia no tornozelo, que estava quebrado.

William foi transferido ainda neste sábado (19) ao Hospital Geral do Estado, em Salvador, para ter atendimento médico especializado. Segundo a assessoria do Bahia, William representa o clube nas competições, mas não é contratado. "O Bahia empresta a marca para a equipe e fornece materiais esportivos", explicou a assessoria.

O lutador já venceu três competições internacionais: Mundial de Abu Dhabi, São Paulo Open e Mundial Submission. "Ele estava classificado para um mundial em agosto, mas ele não tem chances de recuperação para ir. Ele deve levar um ano para se recuperar, ou mais", lamentou o coordenador.

João disse, ainda, que há outro segurança em estado grave no hospital, mas não soube informar seu nome. O Hospital Regional de Irecê foi procurado, mas disse que não comenta o assunto por telefone.

Carro forte é explodido por quadrilha na BA-052 em America Dourada

Nenhum comentário:

Postar um comentário