24/04/2014



Sátiro Dias fará grande festa para celebrar posse de Antônio Torres na ABL

Redação Portal Clériston Silva PCS 

O escritor baiano Antônio Torres, empossado na semana retrasada na Academia Brasileira de Letras (ABL), será homenageado neste sábado (26) em sua terra natal, a cidade de Sátiro Dias, situada a 52 km de Serrinha. Autor de 17 livros, sendo 11 romances, Antônio Torres foi empossado na ABL no último dia 9 de abril, passando a ocupar a cadeira 23, que já pertenceu a Jorge Amado, José de Alencar e Machado de Assis.

Para celebrar a conquista e homenagear o filho famoso, a prefeitura local preparou uma série de atividades artísticas, culturais e literárias. A programação oficial começa com uma missa em ação de graças às 8h, na igreja local, reunindo estudantes, professores, familiares e amigos. Na parte da manhã, depois da missa na igreja, seguem as homenagens na biblioteca municipal, que tem o seu nome. Haverá uma declamação de poesia, uma apresentação musical e uma peça de teatro inspirada no conto “Por um pé de feijão”, de autoria do homenageado.

O romancista vai receber placa comemorativa, moção de aplauso da Câmara Municipal, inaugurar mostra de fotografias e de quadros na biblioteca. Haverá uma aula magna para alunos e professores do município. À tarde acontecem atividades culturais de artistas do município e à noite será realizada uma sessão solene na Câmara de Vereadores, fechando as homenagens ao escritor.

Homem que responde a 15 processos em São Paulo é preso em Jacobina

Redação Portal Clériston Silva PCS

O ladrão de cargas Marcelo Yoshida Uatanabi, o “Japonês de Mirangaba”, 40 anos, também envolvido em roubos de caminhões, foi preso, na manhã de terça-feira (22), quando se deslocava com a família, do povoado de Noguaçu, em Jacobina, para Salvador.

O titular da Delegacia Territorial de Jacobina, delegado Rogério Menezes, apurou que ele responde a 15 processos e seis procedimentos policiais em São Paulo, já tendo sido indiciado em vários crimes, como os de furto e formação de quadrilha.

O mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Pindobaçu, foi cumprido por policiais da DT/Jacobina, com o apoio de investigadores da 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Jacobina). Japonês de Mirangaba liderava uma quadrilha de roubo de cargas e de caminhões, já desarticulada.

Segundo as investigações, depois de roubarem as cargas, ele e os comparsas costumavam enterrar os caminhões no fundo de um posto de combustível no povoado de Itapicuru, às margens da rodovia que liga as cidades de Pindobaçu e Saúde, para despistar a polícia. Japonês de Mirangaba segue custodiado no Complexo Policial de Jacobina, até ser transferido para a 19ª Coorpin (Senhor do Bonfim, onde ficará à disposição da Justiça de Pindobaçu.

Delegado de Itiúba é denunciado por suposta agressão a advogado

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Reunião da OAB com corregedor da Polícia Civil
Um delegado, um investigador e um suposto informante da cidade de Itiúba foram denunciados à Policial Civil pela seccional baiana da Ordem de Advogados da Bahia (OAB-BA) com a acusação de sequestrar, algemar, espancar e ameaçar de morte o advogado Pedro Cordeiro.

Os crimes teriam ocorrido em represália a representações do defensor contra o delegado Cláudio Lima, o investigador Paulo Adriano e o informante Valnei de Tal. No gabinete do delegado-geral da polícia, Hélio Jorge Paixão, Pedro relatou as agressões e ameaças que teria sofrido. “Olhe bem nos meus olhos. Se você me denunciar eu vou dar um tiro no meio da sua testa, e eu sei que você tem filho, e que filho é igual a vento, é só passar”, teria dito o delegado, segundo o advogado.

As supostas agressões contra o defensor foram noticiadas por rádios e blogs locais. Na terça-feira (22), uma semana após as agressões, um grupo de moradores de Itiúba realizou um protesto em frente ao fórum da cidade com faixas e cartazes de apoio a Pedro. Hélio Jorge Paixão prometeu encaminhar imediatamente as denúncias à Corregedoria da Polícia Civil para as devidas providências.

Polícia Civil da Bahia divulga edital de concurso com 130 vagas para perito

Redação Portal Clériston Silva PCS 

A Polícia Civil da Bahia divulgou edital do concurso público com 130 vagas para perito. O salário é de R$ 2.158,51 a R$ 3.889,81.

As vagas oferecidas são para os cargos de Perito Criminalístico, Médico-legal, Odonto-legal e Técnico. Os candidatos devem ter ensino superior completo em qualquer área para as vagas de Perito Criminalístico e Técnico. Já para Perito Médico-legal é necessário ter nível superior em Medicina e para Perito Odonto-legal, graduação em odontologia.

A jornada de trabalho é de 30 horas semanais, mas com possibilidade de trabalho administrativo ou em sistema de rodízio, de períodos diurnos e noturnos, sendo compulsório o comparecimento aos sábados, domingos e feriados, quando incluídos em escalas de serviço.

As inscrições devem ser feitas pela internet no período de 7 de maio a 5 de junho. A taxa custa R$ 120 para Perito Técnico e R$150 para Peritos Criminalístico, Médico-legal e Odonto-legal. A prova objetiva será aplicada na data provável de 20 de julho.

PRF prende homem que transportava medicamentos de uso proibido na região de Alagoinhas

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Um homem foi preso na BR 101 no km 117, conhecido como trevo Boa União, na última sexta feira (18), por transporte irregular de medicamentos de uso proibido no Brasil, além de porte ilegal de arma de fogo. A prisão foi efetuada por equipes da NOE (Núcleo de Operações Especiais) durante uma abordagem a uma caminhonete modelo “S10”.

Ao revistar o veículo, os PRFs encontraram um revólver Taurus calibre 38 com cinco munições intactas, 40 comprimidos de Pramil, 36 comprimidos de Erofast, 01 ampola de Duratestoland, 02 frascos de anabolizante injetável, 01 frasco de Oxyelitepro, 01 frasco Matandrostenol, 01 frasco de testosterona líquida, 01 frasco Stanozoland, 04 ampolas anabolizantes, 110 comprimidos de Brontel.

O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Polícia Judiciária de Alagoinhas, junto com o material apreendido.

Polícia investiga uso de cartões Bolsa Família como caução em mercados

Redação Portal Clériston Silva PCS 

A polícia de Ubatã, na região sul da Bahia, a 355 km de Serrinha, investiga a prática de comerciantes da região em reter cartões de benefícios de consumidores como forma de garantir o pagamento da compra. Segundo informações do delegado Adelino Loyola, cartões do Bolsa Família, de aposentadoria e cartões de contas bancárias em geral estão sendo utilizados no comércio da cidade de forma ilegal. “Na verdade, os comerciantes estão retendo esses cartões para realizar pagamentos e está criando uma série de problemas. Idosos e beneficiários do Bolsa Família são os mais prejudicados", revela.

De acordo com Adelino Loyola, a investigação começou a partir de denúncias de consumidores que foram vítimas dessa prática. "Nós recebemos várias denúncias por telefone e seis queixas foram registradas na delegacia. Acontece que, muitas vezes, o dono do comércio não devolve o cartão enquanto o consumidor não pagar o débito e, também, às vezes acontece do comerciante pedir um valor maior do que a dívida que foi adquirida", relata o delegado.

Adelino ainda explicou como ocorre o "caução" com os cartões de benefícios. “A pessoa vai no comércio e compra no supermercado. Como não tem dinheiro, ela deixa o cartão com o comerciante como garantia de pagamento e, no dia do recebimento do benefício, ela vai lá, pega o cartão, saca o dinheiro e paga", conta.

Segundo Loyola, acontece que, muitas vezes o cartão da conta bancária do consumidor fica em poder do comerciante e o próprio dono do estabelecimento fica com a senha e saca o dinheiro. "Aí não tem controle. Eles [os donos] às vezes sacam o quanto querem”, complementa. O delegado ainda ressaltou que esse tipo de crime está muito comum em Ubatã e acontece predominantemente em mercadinhos da região. Ele ainda diz que o comerciante que for autuado por essa prática poderá pegar de seis meses a dois anos de prisão.

"Mesmo o comerciante devolvendo o cartão, ele vai responder por crime de retenção de tarjeta magnética de conta bancária relativa a benefícios, pensão do idoso, bolsa família e qualquer outro documento com a finalidade de garantir o recebimento ou ressarcimento de dívida. Essa é a tipificação penal. Detenção de seis meses a dois anos. E no caso dos cartões de aposentadoria, esse crime ainda é previsto no estatuto do idoso", conclui. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

23/04/2014

Serrinha: Homem de 50 anos é morto a tiros dentro de bar

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Um homem de 50 anos foi morto com um tiro na cabeça dentro de um bar, na noite desta quarta-feira (23), no bairro Vila de Fátima, em Serrinha.

O crime aconteceu por volta das 19h20m, dentro de um bar na conhecida Rua da Ponte. Segundo informações levantadas pela equipe de reportagem do Portal Clériston Silva –PCS – Luiz Carlos de Jesus, conhecido como “Carlos Capenga”, jogava bingo quando dois homens em uma moto Shineray, de cor vermelha, invadiram o estabelecimento atirando.

A vítima foi atingida e morreu no local. Outros dois homens que estavam no local também foram baleados.

Sergio dos Santos, de 42 anos, residente na Rua Padre Cícero, no mesmo bairro, foi alvejado na virilha. Já Adeilton Ramos de Brito, de 33 anos, o “Dú”, que mora no bairro do Recreio, foi atingido no abdômen. Os dois foram socorridos e levados para o pronto-socorro do Hospital Municipal (HM) de Serrinha, mas não correm risco de morte.

Segundo a Polícia Militar, Adeilton de Brito seria o alvo dos atiradores, mas no momento dos disparos ele conseguiu sair do local correndo. Ainda de acordo com a PM, o homem teria reconhecido os autores do crime e os delatou à polícia.

Equipes da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 16º BPM fazem diligências no bairro para localizar os suspeitos. A Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) estiveram no local e encaminhou o corpo para realização de necropsia no DPT de Feira de Santana. O crime será investigado.

Este é o 11º homicídio do ano em Serrinha, sendo o 3º do mês de abril no bairro Vila de Fátima

Vítima estava jogando em um bar quando atingido com um tiro na cabeça

Policiais civis decidem paralisar as atividades por 48 horas

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Os policiais civis da Bahia irão paralisar as atividades por 48 horas em maio. A decisão foi tomada em assembleia na manhã desta quarta-feira (23), no auditório da Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia (AFPEB), no Dois de Julho. A paralisação começa às 8h do dia 6 e termina às 8h do dia 8.

Será mantido 30% do efetivo trabalhando no atendimento para prisão em flagrante, levantamento cadavérico, crimes contra a criança e contra a vida, durante a paralisação.

De acordo com Bernardino Gayoso, secretário-geral do Sindicato dos Policiais Civis (Sindpoc), a categoria também aprovou indicativo de greve. No entanto, a greve será deliberada apenas em conjunto com os servidores estaduais de outros setores. “Só vamos entrar em greve se as outras entidades também entrarem, como os professores, por exemplo”, afirma.

Os policiais reivindicam reajuste salarial, pagamento da URV, e aposentadoria especial para homens e mulheres. Segundo o secretário-geral, a categoria também elaborou um modelo de Segurança Pública que será apresentado do governo do Estado para aprovação. “Elaboramos esse novo modelo de segurança como saída para reduzir a criminalidade. Ele está baseado na capacitação e valorização dos policiais e melhoria da estrutura da Polícia Civil”, diz o secretário.

Na última semana, os policiais civis paralisaram as atividades entre as 8h de quarta-feira (16) e 8h de sexta-feira (18). De acordo com o Sindpoc, a aprovação do Projeto de Lei que define o reajuste dos funcionários do Estado parcelado em duas vezes desagradou os servidores.

Caminhão-cegonha com 11 carros pega fogo na BR-324, em Jacobina

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Um caminhão-cegonha pegou fogo enquanto trafegava pelo km 334 da BR-324, na região do município de Jacobina, norte da Bahia, a 198 km de Serrinha, na terça-feira (22).

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), todos os onze veículos transportados pelo caminhão foram incendiados e tiveram perda total.

"Segundo o condutor, ele trafegava normalmente quando sentiu um estouro na parte traseira do veículo. Aí ele parou e percebeu que havia um princípio de incêndio. Depois o fogo se alastrou de forma rápida e ele teve que separar a carreta da carroceria. Nisso, todos os carros que estavam na carroceria pegaram fogo", relata o policial rodoviário estadual Jackson Andreaza.

A polícia afirma que todos os veículos incendiados eram novos e estavam sendo transportados para Jacobina. Ninguém se feriu. A causa das chamas é desconhecida. As informações são do site A Bahia Acontece.

Carros ficaram completamente destruídos

Mulher é presa acusada de mandar irmão matar amante do marido em Itatim

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Um casal de irmãos foi preso acusado de matar uma mulher no município de Itatim, localizado a cerca de 166 km de Serrinha. Segundo a delegacia local, Miralva Couto Santos, 32 anos, mandou o irmão, Edson Couto Santos, matar a amante do marido, conhecida como Luciana, após uma discussão entre as duas.

A mulher nega que tenha pedido ao irmão, que já esteve preso por homicídio, para matar a vítima e diz que Luciana é que tinha raiva dela.

— Ela disse que ia beber meu sangue. Ela disse que ia matar eu e meus dois filhos.

O acusado afirma que matou Luciana na casa dela por que ela estava ameaçando a mãe, a irmã e a família. Ele nega que a irmã tenha envolvimento com o crime e "em momento algum ela falou pra matar ninguém não". De acordo com o laudo pericial, a mulher foi estuprada, baleada e esfaqueada. O homem disse que matou, mas que não houve estupro e nem usou faca para assassinar Luciana.

— Eu nunca utilizei faca para matar ela nem ninguém, não. Eu dei uma cacetada nela do lado da cabeça, ela queria correr e eu dei uma cacetada nela e bateu na parede.

Segundo o delegado Adilson Freitas, o acusado invadiu a casa da vítima, deu alguns golpes com um pedaço de ferro, após ela estra caída, manteve relações sexuais a força com Luciana e atirou contra a mulher. A acusada disse que ainda está com o marido e toda terça ele vai vê-la.

Parente de ministro da CGU e marido de juíza, advogado é preso por crimes sexuais na internet

Redação Portal Clériston Silva PCS

O advogado Ricardo Lopes Hage, marido de uma juíza do Trabalho e parente do ministro-chefe da Controladoria Geral da União (CGU) Jorge Hage, está preso na sede da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), nos Barris, em Salvador, acusado de extorsão e crimes sexuais pela internet.

A prisão temporária de 30 dias, iniciada na última sexta-feira (18), foi solicitada pela Justiça após denúncias de mulheres e até adolescentes que se diziam vítimas de chantagem do jurista.

O sigilo telefônico do advogado foi quebrado, bem como expedidos mandados de busca e apreensão para capturar, segundo o processo, "fotos, papéis, celular, aparelhos eletrônicos e qualquer mídia que armazene dados, incluindo-se disquetes, CDs, DVDs, pendrives, HDs externos, CPUs e cartões de memória, que estejam em poder do investigado e na sua residência", situada em um condomínio de luxo no bairro de Patamares.

De acordo com as investigações do setor de inteligência da Secretaria de Segurança Pública, lideradas pela delegada Susy Anne Brandão, Ricardo Lopes Hage se escondia atrás de um perfil feminino falso no Facebook para atrair mulheres. À medida em que conquistava a confiança das amigas virtuais, ele pedia fotos íntimas, conseguia número de telefone e fazia propostas indecentes. Depois se identificava como homem, enviava imagens obscenas e ameaçava divulgar na internet o teor do contato, caso não obtivesse sexo.

O processo já está em segunda instância e corre na Segunda Turma da Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O relator é o desembargador Osvaldo de Almeida Bonfim.

22/04/2014

Carreta desgovernada mata criança ao bater em um carro parado em Conceição do Jacuípe

Redação Portal Clériston Silva PCS

Uma criança de 9 anos morreu depois que o carro em que estava foi atingido por uma carreta que perdeu o controle. Além dela, uma outra, de seis anos, foi atingida pelo veículo e levada ao Hospital Estadual da Criança, em de Feira de Santana.

O acidente ocorreu na noite de segunda-feira (21), por volta das 19h, na Avenida Getúlio Vargas, em Conceição de Jacuípe, distante.

De acordo com testemunhas, o motorista da carreta perdeu o controle do veículo ao dar ré e desceu por uma rua até bater em dois carros parados. O motorista teria fugido do local.

Dentro de um dos carros, estava um condutor, a sua esposa, mãe e mais as duas crianças - a filha do casal, de seis anos, e uma sobrinha, de nove, que faleceu. A mãe dele teria descido para comprar pão, quando aconteceu a batida.

A menina ferida sofreu lesões na perna e aguarda transferência para Salvador. As informações e fotos são do site Jacuípe Noticias.

Carreta perde controle em ré e mata criança ao bater em um carro parado
Revoltados com a morte da criança, moradores incendiaram o veículo

Motorista perdeu controle manobrando em ré e atingiu os veículos

Outra criança de seis anos ficou ferida

Serrinha: PMs protestam em favor de Prisco

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Além do protesto em Salvador contra a prisão do líder grevista da PM e vereador Marco Prisco (PSDB), integrantes da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado (Aspra) em Serrinha, no centro-norte baiano, também realizaram, na tarde desta terça-feira (22), uma passeata em favor da liberdade do presidente da entidade.

Prisco foi preso na tarde de sexta-feira (18), em Costa do Sauípe (BA) pela Polícia Federal, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Aeronáutica. Ele foi levado a Salvador e, de lá, para Brasília, onde foi preso no Complexo da Papuda.

Durante o protesto, foram empunhadas faixas com os dizeres “Quem não luta pelos seus direitos não é digno deles” e “Prisco estamos com você”. O ato terminou em frente ao 16º Batalhão da Polícia Militar. 

Pedido de habeas corpus - A Justiça Federal remeteu o pedido de habeas corpus feito pela defesa do vereador baiano Marco Prisco para o Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com o Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, o desembargador José Amílcar Machado, magistrado de plantão, avaliou que não é competência dessa corte analisar o pedido. No STF, a decisão ficará a cargo da ministra Cármen Lúcia.

Amílcar argumentou que, por se tratar de crimes previsto na Lei de Segurança Nacional, a Constituição determina que o pedido seja analisado pelo STF.

A defesa de Marco Prisco entrou com o pedido de habeas corpus no sábado (19), após ele ser preso na Costa do Sauípe (BA). No pedido, a defesa argumenta que a prisão é ilegal, porque a greve já terminou. Além de vereador, Prisco é diretor-geral da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra).

Prisco foi preso para a "garantia da ordem pública". O pedido de prisão do vereador faz parte de uma ação penal contra sete acusados por diversos crimes na greve do Polícia Militar em 2012, e que foram acusados no ano passado. Segundo decisão da 17ª Vara Federal, a prisão de Prisco foi baseada nos artigos 311 a 313 do Código de Processo Penal, que preveem que a prisão de réu que possa cometer novamente os crimes pelos quais foi acusado.

A 17ª Vara Federal determinou então sua prisão, visando a "garantia da ordem pública", que deverá ser cumprida por 90 dias "em estabelecimento de segurança máxima".

O vereador responde por sete crimes dentro da Lei de Segurança Nacional, entre eles, impedir, com violência ou grave ameaça, o livre exercício de qualquer dos Poderes da União ou dos Estados e praticar sabotagem contra instalações militares, meios e vias de transporte, além de paralisar total ou parcialmente, atividade ou serviços públicos essenciais para a defesa, a segurança ou a economia do país.

Passeata em favor da liberdade de Prisco ocorreu nesta terça (22) em Serrinha

Abaré: Vice-prefeita quer “Cova do Anjo” incluso no turismo religioso da Bahia

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Continuando o trajeto pelo interior do estado montando o plano de mandato que será colocado para apreciação popular no período eleitoral, o vice-prefeito de Conceição do Coité, Alex Lopes (PMDB), atendendo ao convite da vice-prefeita do município de Abaré, Margarete Rodrigues da Silva (PMDB) e do vereador Ronilson Gomes da Cruz (PMDB), visitou a comunidade de Cova do Anjo, distante 09 km da sede, onde foi construída no início da década de 40 uma capela, no local onde foi encontrado morto o menino de pré-nome Dionato, que estava a dias perdido na caatinga sem água e sem comida.

Margarete Rodrigues contou ao CN que é comum ouvir pessoas relatarem várias histórias de graças alcançadas e o local é muito visitado,principalmente no sábado de aleluia, por fiéis que levam velas para agradecer.

O padre Evanilson Mendonça contou que este ano a festa teve um sabor melhor em virtude das chuvas que estão caindo na região e os vaqueiros foram cumprir sua devoção com mais alegria e se emocionou com a fé dos romeiros ao entoarem o hino católico, “A nós descei, Divina Luz! A nós descei, Divina Luz!, Em nossas almas acendei, O amor, o amor de Jesus!, Em nossas almas acendei, O amor, o amor de Jesus!”, formando um só voz.

As atividades na Cova do Anjo, começaram em 1983, quando o fazendeiro Generrito Nascimento Possidônio e mais sete vaqueiros criaram uma tradição,todo Sábado de Aleluia seria o dia para visitação à cova do Anjo Perdido. Há cerca de 10 anos é celebrada a missa dos vaqueiros, organizada por Marcos Roberto Tolentino Pereira e Ismael Janivaldo Gomes Correia.

Foi apresentada ao pré-candidato a deputado estadual pelo PMDB, Alex da Piatã, como é conhecido, pela vice-prefeita Margarete,uma proposta para inclusão desta festa no calendário de turismo religioso do estado, pois o local, onde se reuni mais de duas mil pessoas, não tem a mínima estrutura e a cada ano vem crescendo e atraindo turistas de todo estado.

A história conta que no local foi sepultado o corpo de uma criança, chamada Dionato, no dia 22 de setembro de 1942. O “Anjinho Perdido”, como é chamado, por toda a Região, estava sendo criado pela parteira Zefa que morava na Fazenda Urtiga e tinha 1 ano e 11 meses.

Segundo o historiador Valdomiro Nascimento, no dia 16 de setembro de 1942, Zefa foi fazer um parto na comunidade onde hoje é cidade e deixou o menino com uma mocinha de 13 anos e uma menina de 10 anos. Como faltou água no pote, a mocinha deixou Dionato com a menor e foi no Riacho da Várzea cavar uma cacimbinha e pegar água. A menina foi depois também pegar água e a criança foi na companhia, só que elas se distraíram e o menino não conseguiu chegar, se perdendo no meio da caatinga. Contam, que todos procuraram o menino e nunca o encontraram.Seis dias depois, dia 22, Sebastião Rodrigues dos Santos e seu filho Manoel levavam uns bodes para a cidade e viram alguns urubus,ao se aproximarem depararam com os restos mortais da criança e ali mesmo cavaram uma pequena cova e sepultaram o pequeno Dionato. Também conta a história que ele (Dionato) andou cerca 11 quilômetros quando esteve perdida.

Como as pessoas da região eram muito religiosas,e pela triste circunstância em que a criança morreu, começaram a fazer promessas com o “Anjo Perdido” e afirmaram que as graças eram alcançadas e ao longo destes anos, são muitas as histórias em torno do milagres e isto tem provocado a visita de muitas pessoas. (Fonte: Calila Noticias)