_

_

_

_

_

_

1 de jul de 2015

Serrinha: Vistoria conclui que estrutura de prédio histórico está comprometida

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

O desabamento parcial do antigo prédio da prefeitura de Serrinha, considerado uma das principais edificações históricas da cidade, é foco de preocupação do Instituto do Patrimônio Artístico Cultural da Bahia (IPAC), informou o órgão nesta terça-feira (30). O incidente aconteceu no dia 24 de junho, feriado do São João.

Segundo o IPAC, o arquiteto e subgerente de obras do instituto, Cássio Sales, esteve em Serrinha e realizou uma vistoria no prédio, desocupado há aproximadamente doze anos.

Foram identificadas fissuras e rachaduras no imóvel, além do comprometimento da calha da fachada, desabamento de peça do piso no primeiro pavimento, além de excesso de entulho na área atingida, gerando sobrecarga no assoalho do primeiro pavimento.

A vistoria foi acompanhada pelos secretários de Urbanismo e Meio Ambiente, José Hamilton, o de Infraestrutura, Radson Rogério, e do engenheiro da prefeitura, Carlos Eduardo, que já providenciaram o isolamento do local.

Conforme explica o diretor do Ipac, arquiteto João Carlos Oliveira, neste momento está sendo oferecido todo apoio técnico e institucional à prefeitura de Serrinha, objetivando que os danos cessem.

De imediato, o IPAC recomendou ao município o escoramento do piso e da estrutura que fica abaixo da calha, instalação de uma lona para fechar a abertura e evitar infiltração, além da complementação do tubo de queda d´água da calha, cuja estrutura atual compromete o imóvel. Nova reunião técnica foi marcada para o dia 6 de julho, em Serrinha.

O prédio fica na Praça Luiz Nogueira e tem área total de 512m², com área construída de 256m². O tombamento municipal do imóvel foi proposto no ano de 1983 e a fachada passou por reforma em 1918.

O prédio foi residência de Bernardo da Silva, fundador do povoamento, vila e município e foi sede dos poderes legislativo e executivo.

Saiba mais sobre o prédio – Foi erguido sob o cadastro municipal 60.000.002. Recentemente, a cobertura de telhas canal foi substituída por fibro-cimento. Todo o edifício é forrado, com exceção da ala direita do térreo.

O frontispício foi acrescido de modenaturas, platibanda com armas da República e acrotérios e esquadrias com bandeiras e caixilhos de girar. Frisos assinalam a altura do assoalho nas fachadas. Piso em lajotas de barro e ladrilho hidráulico, no térreo, e tabuado, no pavimento superior.

Professor é detido enquanto dava aula em escola técnica de Paulo Afonso

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Um professor de física foi detido por policiais militares enquanto dava aula em uma escola técnica da cidade de Paulo Afonso, a cerca de 299 km de Serrinha. De acordo com informações da polícia, o docente José Messias de Oliveira, de 53 anos, teria discutido e trocado ameaças com outro professor da instituição e teria sido levado à delegacia após o colega ter dado voz de prisão contra ele. O professor detido, no entanto, diz que os policiais não apresentaram mandado de prisão e afirma que não houve nenhum flagrante que justificasse a ação.

O caso aconteceu há duas semanas, no Centro Territorial de Educação Profissional Itaparica (Cetep Itaparica I). O docente detido, que trabalha na escola há 23 anos, acredita que a ação da polícia pode ter sido uma consequência de denúncias que fez sobre irregularidades envolvendo membros do colegiado escolar da instituição de ensino, um deles, segundo o docente, parente de um policial militar.

"Eu estava dando aula e os quatro policiais apareceram armados e me deram voz de prisão. Eu perguntei se eles tinham mandado de prisão ou flagrante delito, mas eles não tinham. Não apresentaram nenhuma prova, apenas disseram que eu tinha ameaçado dois professores. Depois, tomaram meu pincel e me jogaram no camburão. Tudo isso na frente dos alunos, que filmaram tudo", disse o docente.

Oliveira, conhecido na cidade como Dom Bahia, disse que informou aos policiais que tinha feito uma cirurgia recente e que deveria ser conduzido com calma, mas, segundo ele, o aviso foi ignorado. "Eu fiz uma cirurgia bariátrica há três meses e disse a eles, mas mesmo assim eles me levaram jogado no camburão, como um ladrão. Ainda me chamaram de bandido. Os alunos tentaram segurar o carro, mas não teve jeito. Depois, quando cheguei na delegacia, não tinha nenhuma denúncia contra a minha pessoa e eles me mandaram embora. A prisão foi apenas uma tentativa de me aterrorizar e coagir, uma retaliação.", destacou.

A Polícia Civil da cidade disse que não houve mandado de prisão contra o professor no dia em que ele foi retirado da sala de aula, e que ele teria sido detido porque os demais docentes o deram voz de prisão. "Ele foi conduzido porque houve uma discussão entre professores, com troca de ofensas, ameças e injúrias. Mas na delegacia eles chegaram a um acordo na presença de advogados e não houve representação por nenhuma parte", disse a delegada Mirela Santana, titular da 18ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior.

De acordo com a delegada apenas dias após o ocorrido as queixas foram registradas. "Um professor envolvido na discussão, Silvando Vanderley, que se sentiu ofendido, se arrependeu de não ter feito a queixa antes e voltou à delegacia para representar. Além disso, o professor que havia sido detido também resolveu representar. O procedimento foi lavrado e remetido para a Justiça, no dia 25 [de junho]", disse.

Com relação à forma como o professor foi conduzido na viatura para a delegacia, a delegada informou que apenas a Polícia Militar poderia explicar a situação. Em nota, a PM informou que os policiais foram solicitados para atender a uma ocorrência dentro da unidade escolar e que, ao, chegarem ao local foram recepcionados pelo professor Silvano Vanderley, que disse que após ter sido emaçado por José Messias deu voz de prisão a ele. Segundo a PM, outros professores apareceram como testemunha da situação.

A PM disse ainda que os policiais militares relataram que apenas mediaram a situação e que colocaram o professor no "xadrez" da viatura por falta de espaço físico, já que a equipe era composta por quatro policiais militares. A PM também disse que as circunstâncias da ocorrência estão sendo apuradas em sindicância. Sobre o possível grau de parentesco de um dos membros do colegiado escolar com um dos policiais, a PM disse desconhecer a informação.

Investigação - O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) informou que exigirá do Governo do Estado, da Secretaria Estadual de Educação e da Secretaria de Segurança Pública investigação com relação às denúncias apontadas pelo professor José Messias sobre a existência de irregularidades na escola e apuração dos motivos que levaram a PM a prender o professor e transportá-lo no fundo da viatura.

A direção do sindicato repudiou a ação da PM e disse que a "prisão dentro da sala de aula, na frente de alunos, causou vergonha e humilhação ao professor". "Estamos tomando todas as providências. Inclusive, já contatamos o secretario de Educação, para que as medidas cabíveis sejam tomadas. Sobre a prisão, acreditamos que foi um ato arbitrário. É preciso se investigar para que isso não aconteça mais na rede estadual", disse o coordenador-geral do sindicatos dos professores, Rui Oliveira.

A Secretaria Estadual de Educação disse, também por meio de nota, que um comissão de investigação foi criada e já está apurando as denúncias feitas pelo professor. Conforme a secretaria, já foram ouvidos estudantes e professores. Conforme a secretaria, caso as denúncias sejam comprovadas no todo ou em parte, será recomendada a abertura de Inquérito Administrativo, que será conduzido pela Corregedoria da Secretaria da Educação.

A Secretaria também informa que o colegiado escolar do Centro Territorial de Educação Profissional Itaparica (CETEP Itaparica I) lavrou ata de reunião sobre a conduta do professor José Messias, com graves acusações contra ele. As acusações também serão analisadas pela Comissão e, se comprovadas, podem também levar a recomendação de abertura de Inquérito Administrativo. O professor José Messias dará depoimento nesta quarta-feira (1º).

Governo Dilma é considerado ruim ou péssimo por 68% da população, diz CNI-Ibope

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O governo Dilma Rousseff foi considerado ruim ou péssimo para 68% da população, em junho, quatro pontos percentuais acima dos 64% registrados em março, de acordo com a pesquisa CNI-Ibope, divulgada nesta quarta-feira (1º), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

De acordo com o levantamento, o percentual de pessoas que consideram o governo ótimo ou bom caiu de 12% para 9% no mesmo período. Para 21%, o governo da presidenta é avaliado como regular.
Segundo a pesquisa, 83% desaprovam e 15% aprovam a maneira de a presidenta governar.

Na pesquisa anterior, referente a março, esses percentuais estavam em 78% e 19%, respectivamente. De acordo com a pesquisa, 78% dos brasileiros não confiam na presidenta, enquanto 20% confiam. Em março, esses índices estavam em 74% e 24%, respectivamente.

A pesquisa foi feita entre os dias 18 e 21 de junho a partir de 2002 entrevistas feitas em 141 municípios. A margem de erro é 2 pontos percentuais.

30 de jun de 2015

Homem é morto enquanto jogava baralho em um bar de Santaluz

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um homem de 43 anos foi morto a tiros na tarde desta terça-feira (30), em um bar na Rua Gastão Pedreira, em Santaluz, cidade que fica a 81 km de Serrinha.

Segundo informações da Polícia Militar, Ananias Cristino de Jesus, conhecido como “Carlinhos Cabeção”, estava jogando baralho quando foi atingido por dois tiros.

Testemunhas contaram à polícia que a vítima foi surpreendida por dois homens. Os suspeitos chegaram em um carro, por volta das 17h40m, pararam em frente ao bar, e um deles se aproximou e atirou várias vezes.

A vítima, segundo a família, havia retornado para Santaluz no fim do mês passado, depois de morar em São Paulo.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana. A polícia ainda não sabe os motivos do homicídio e até o momento ninguém foi preso.

Homem de 43 anos foi atingido por vários tiros e morreu dentro de bar

Suspeito de participar da morte de PM é sequestrado e morto em Tucano

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O segundo suspeito de envolvimento na morte do soldado da Polícia Militar José Robson dos Santos Costa, de 41 anos, foi morto a tiros, na madrugada desta segunda-feira (29), no povoado de Queimadas das Abóboras, na zona rural de Tucano, município localizado a 83 km de Serrinha.

Segundo relatos de vizinhos e parentes, Matheus Nascimento Santos, de 18 anos, conhecido como "Têca", foi sequestrado de dentro da casa onde morava com os avós, por volta das 3h, por quatro homens encapuzados. Segundo a família, o corpo do rapaz foi localizado horas depois com três tiros na cabeça.

Segundo informações da delegacia local, a vítima já tinha passagens pela polícia, tendo sido preso por porte ilegal de arma de fogo no dia 19 de maio deste ano. Na ocasião, ele foi flagrado com um revólver calibre 38, mas foi liberado mediante pagamento da fiança.

O delegado Paulo José de Oliveira, titular da Delegacia Territorial (DT/Tucano), instaurou inquérito para apurar o caso. O corpo do suspeito foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro.

Entenda o crime - O soldado José Robson dos Santos Costa, de 41 anos, estava de férias com a família em uma residência de parentes no distrito de Caldas do Jorro, em Tucano, quando foi atingido por um disparo no peito. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Mariana Penedo, mas não resistiu aos ferimentos. As outras pessoas que estavam na casa não ficaram feridas.

Segundo informações do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Tucano, o PM era lotado na Companhia de Ações Especiais do Litoral Norte da cidade de Esplanada (CIPE- Litoral Norte). O crime ocorreu por volta das 20h de quarta-feira (24), na Rua do Zumiro.

Através de nota, a Polícia Militar informou que, segundo informações das pessoas que estavam na residência, dois homens invadiram a casa armados e obrigaram que todos deitassem ao chão. Ainda segundo a nota, informações dão conta que os elementos perguntaram pelo policial e logo em seguida efetuaram um tiro contra ele. De acordo a polícia, testemunhas informaram que os suspeitos estavam com duas armas.

Ainda segundo a nota da PM, após o crime, as testemunhas foram encaminhadas para a Delegacia Territorial da cidade. José Robson fazia parte da corporação há 18 anos. O corpo dele foi enterrado na tarde de quinta-feira (25), no município de Alagoinhas.

Suspeito foi sequestrado e morto com três tiros na cabeça

Foto: site Gil Santos Noticias

Tio e sobrinho são presos acusados de duplo homicídio em Paulo Afonso

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Os traficantes Aberaldo Gomes de Melo, o “Junior Babão”, e Vanderlan Monteiro de Melo, tio e sobrinho, respectivamente, foram presos, nesta terça-feira (30), por equipes da 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e Delegacia Territorial (DT), ambas em Paulo Afonso. Eles tinham mandados de prisão preventiva em aberto, por um duplo homicídio, praticado no dia 23 de junho.

Tio e sobrinho são acusados de assassinar os irmãos Cícero e Matheus Pereira dos Santos, crime cuja motivação ainda é investigada. Segundo o delegado Cláudio Humberto Brasil, titular da DT/Paulo Afonso, as vítimas eram usuárias de drogas e costumavam comprar drogas de um traficante rival de Aberaldo e Vanderlan.

Um revólver calibre 38, municiado, que estava escondido embaixo de um fogão, na casa de Aberaldo, foi apreendido e passará pelo exame de microcomparação balística, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), para confirmar se foi a mesma arma usada no duplo homicídio.

Aberaldo e Varderlan já foram encaminhados ao Presídio Regional de Paulo Afonso.

CNJ afirma que TJ-BA tem autonomia para agregar comarca de Capela do Alto Alegre

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

O conselheiro Saulo Casali Bahia, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), afirmou que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) tem autonomia para determinar quais comarcas devem ser agregadas, em um pedido de providências, protocolado pela Câmara de Vereadores de Capela do Alto Alegre, no nordeste baiano.

A Câmara de Vereadores pedia a intervenção do CNJ para que verificasse in loco a estrutura física do Poder Judiciário da cidade e que considerasse sua localização geográfica em relação ao município de Nova Fátima para revisão da decisão que agregou à unidade a comarca de Riachão do Jacuípe.

Na peça, a Câmara diz que apresentou um recurso ao TJ contra agregação, mas que não houve manifestação. Para eles, a medida fere os princípios da eficiência e economicidade, e que causará transtornos aos usuários, com abandono do fórum recentemente construído. A Câmara diz que a melhor solução seria agregar a comarca de Nova Fátima, sobretudo se considerado a soma do acervo processual destas comarcas.

O conselheiro afirmou que o tribunal, “tem autonomia para eleger os critérios técnicos e quais comarcas devem ser agregados. O raciocínio do requerente, que não pode ser admitido, esbarra na ideia de que não se pode impor ao TJ-BA o funcionamento pleno de mais uma Comarca (Capela do Alto Alegre, agregando as comarcas de Nova Fátima e Gavião), evidente do baixo volume processual verificado”, decidiu o conselheiro.

Nova Soure e Coronel João Sá tem decreto de emergência reconhecido

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Duas cidades baianas tiveram a situação de emergência reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional devido a prejuízos com a estiagem.

Coronel João Sá e Nova Soure, ambas no semiárido do nordeste baiano, que já tinham o decreto autorizado pelo estado, tiveram a condição publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (30).

Ao todo, 28 municípios já tiveram a condição reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional.

PM prende acusado de praticar homicídios e tráfico de drogas em Serrinha

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Um homem suspeito de traficar drogas e praticar diversos homicídios no município de Serrinha foi preso por volta das 18h desta segunda-feira, 29, durante uma abordagem policial.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação Social (ACS) do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Ailton Santos Cruz, 34 anos, que reside na Rua Bahia, no bairro de Oséias, tinha um mandado de prisão em aberto.

A prisão foi efetuada por uma guarnição da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) próximo a fazenda Guanabara, tendo sido conduzido e apresentado à Delegacia de Polícia Civil (DPC) local.

No início do mês, o Draco (Departamento de Repressão e Combate ao Crime) já havia empreendido diligência no intuído de efetuar a prisão de Ailton, porém sem sucesso. Para a polícia, ele é um indivíduo de alta periculosidade.

Preso e algemado, homem foge do fórum de Cruz das Almas

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Um preso, que estava algemado, conseguiu fugir do interior do Fórum Tancredo de Almeida Neves, em Cruz das Almas, no Recôncavo baiano, a 144 km de Serrinha, na tarde desta segunda-feira (29).

O homem teria pulado uma escadaria e depois saiu correndo no sentido da Rua Rio Branco, antiga "Estrada de Ferro". Identificado como "Tinho" ou "Agachadinho", o detento é acusado de vários assaltos em Cruz das Almas e está preso há quase dois anos.

Segundo o site Bahia na Mídia, o preso passaria por uma audiência e depois seria levado novamente para a carceragem. Na perseguição, um policial militar caiu e ficou ferido. Tinho foi recapturado logo em seguida.

Vereador de Mutuípe pode ter mandato cassado após acusação de estupro

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

O inquérito envolvendo o caso do vereador Valdomiro Galdino (PT), de 59 anos, do município de Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá, foi finalizado no fim da tarde da sexta-feira (26) e encaminhado para o Ministério Público nesta segunda (29). Galdino tem um filho de dois meses com uma menina que acabou de completar 14 anos, o que se configura como estupro de vulnerável, como já apontava o relatório preliminar da Polícia Civil.

As implicações destes acontecimentos podem chegar ao âmbito politico, inclusive com o pedido de cassação do mandato do vereador. “A comunidade pediu que nós averiguássemos o caso e abrimos uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) que tem 90 dias para encerrar os trabalhos, o que pode levar o plenário da Câmara a pedir a cassação do vereador Valdomiro Galdino”, relata Júnior Cardoso (PR), presidente da Câmara de Vereadores de Mutuípe.

A CEI é composta por três vereadores: Paulo Argolo Barreto, presidente da Comissão, Edvaldo Santos, relator, e Adneia de Jesus Pereira, vogal – pessoa com direito a voto em uma assembleia. Segundo o presidente da Câmara, o vereador Valdomiro Galdino já foi convocado para prestar esclarecimentos, mas até agora não compareceu à comissão da Casa.

A menor, os pais dela, o Conselho Tutelar de Valença, onde a adolescente mora com o vereador acusado, a Delegacia Territorial de Valença e o Ministério Público também devem ser ouvidos pela CEI de Mutuípe. A comissão foi instaurada em 21 de maio. Para cassar o vereador, a Câmara precisa ter oito votos dos 11 legisladores da Casa.


29 de jun de 2015

Motociclista é encontrado morto na BA-233, perto de Pé de Serra

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Um motociclista foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 29, às margens da BA-233, trecho de acesso ao município de Pé de Serra, a 81 quilômetros de Serrinha.

De acordo com a PRE (Polícia Rodoviária Estadual), não havia marcas de colisão com outro veículo na moto que Murilo Tavares Valverde, 40 anos, pilotava. A PRE acredita que o homem tenha perdido o controle da moto em uma curva e caído.

De acordo com familiares, Murilo morava em Feira de Santana e seguia para um aniversário na zona rural de Pé de Serra.

Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha estiveram no local e encaminharam o corpo para o DPT de Feira de Santana. As informações e foto são do blog Hora da Verdade.

Motociclista foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 29

Acidente aconteceu na BA-233, trecho de acesso ao município de Pé de Serra

Serrinha: ex-vereadora culpa prefeito por desabamento de prédio histórico

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Ex-vereadora Aloísia Carneiro
O desabamento de uma das paredes do antigo prédio da prefeitura de Serrinha, tida como a construção mais antiga desde a constituição da cidade, fez suscitar a discussão sobre a preservação do patrimônio histórico do maior município da região do sisal. Na última semana, por conta das fortes chuvas, a estrutura centenária, datada da fundação do município serrinhense, cedeu. O fato provocou setores da oposição da política local que acusam o prefeito Osni Cardoso (PT) de negligência ao bem público e histórico local.

Em contato com o site Bocão News, a ex-vereadora Aloísia Carneiro (DEM), fez criticas ferozes a administração do petista. De acordo com a demista, o Ministério Público havia sido notificado desde 2011 sobre a situação precária do prédio, datado de 139 anos.

"O prédio está desocupado desde o início da década de 2000. Atualmente a prefeitura funciona em um prédio particular, alugado, onde foi gasto muito dinheiro para adequação para funcionamento da estrutura administrativa. O aluguel em 2012 variava entre R$ 12 a 15 mil mensais. Entre os anos de 2009 e 2011 foram gastos em média R$ 2 milhões para implantar o centro administrativo, porém outros prédios foram alugados para o funcionamento de outras secretarias", afirmou a ex-parlamentar municipal.

Antigo prédio da prefeitura de Serrinha
"Confesso que não sei de quem foi a triste ideia de transferir a sede para outro prédio, que também é uma riqueza cultural do ponto de vista da arquitetura. Quem quer que tenha sido, foi mal iluminado, foi infeliz. Desprezou a história de Serrinha. O que estaria por trás dessa escolha? o que motivou comprar um prédio, quando já se tinha sede própria? O fato é que compraram, se mudaram e não conservaram", completou.

O prefeito de Serrinha, Osni Cardoso (PT), rebateu a acusação dos gastos caracterizados como "exorbitantes" pela ex-vereadora. Segundo o petista, nenhum dos valores mencionados foram gastos com a infraestrutura do novo prédio, mas com as instalações de rede de logística para o funcionamento dos trabalhos da administração. "O que ela disse não é verdade. Os valores que gastamos foram para instalar redes telefone, eletricidade, internet e outros serviços", afirmou.

Sobre o desabamento do antigo prédio da prefeitura, o prefeito informou que com as fortes chuvas, uma bica estourou e a parede, de adobo, desabou. "Nós já contatamos várias entidades, como o Instituto do Patrimônio Histórico, e vamos recuperar o prédio. Já havia um projeto nosso de recuperação em andamento. Diante da gravidade, vamos reformar as duas construções e mais uma terceira. As últimas gestões não zelaram pelo patrimônio e agora vamos buscar por isso", disse. (Bocão News)

Homem morre após ser atropelado por juiz em Iaçu

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Um morador de rua morreu atropelado na noite de domingo (28) enquanto andava pela rodovia BA 046, onde fazia várias vezes o percurso de Itaberaba à Iaçu, segundo informações do titular da Delegacia Territorial (DT), de Iaçu, delegado Renato Fernandes Ribeiro. O acidente ocorreu por volta das 19h, no km-15.

De acordo com a polícia, o andarilho identificado como Moiseis Pinho Rosa estava transitando quando foi atropelado por um juiz de identidade desconhecida que trafegava com um veículo modelo L200, de cor prata, placa OUR-2836.

A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) e o IML foram acionados para fazer a remoção do corpo. O caso está sendo investigado pela Delegacia do Município.

Homem morre após ser atropelado por juiz em Iaçu