19 de jul de 2014

Policial civil suspeito de morte de criança em Amargosa é vereador

Redação Portal Clériston Silva PCS 

O policial civil suspeito atirar e matar uma criança depois de invasão da casa da família em Amargosa, na Bahia, é vereador da cidade de Cachoeira, a cerca de 222 km de Serrinha. A informações foi confirmada neste sábado pelo coordenador do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Moisés Damasceno. Segundo ele, não há incompatibilidade em exercer o mandato de vereador e ser policial.

A presidente da Câmara de Cachoeira, Adriana Silva, informou que irá esperar o resultado das investigações para decidir o que será feito em relação à continuidade das atividade de Carlos Raimundo de Jesus Cardoso.

O suspeito prestou depoimento na Corregedoria da Polícia Civil, em Salvador, na quinta-feira (17). Ele nega ter atirado na criança e a Polícia Civil informa que só a perícia vai poder constatar a origem do disparo. O policial militar que estava com ele durante a ação também foi ouvido pela delegada Andreia Cardoso. Os dois foram liberados após serem ouvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário