21 de jul de 2014

Em Serrinha, Paulo Souto diz que PT é um produto de validade vencida na Bahia

Redação Portal Clériston Silva PCS

Durante as movimentações constantes do fim de semana, o ex-governador e postulante ao Palácio de Ondina, Paulo Souto (DEM), destacou o trabalho dos prefeitos dos dois maiores colégios eleitorais da Bahia e mirou em ambos como exemplo do desempenho do seu partido e a oportunidade de realizar a mudança de comando no Executivo estadual.

“As vitórias de ACM Neto e José Ronaldo iniciaram o processo de mudança que vai se consolidar em todo o estado com a minha eleição e de Geddel, no dia cinco de outubro. O PT é um produto de validade vencida e vem causando muito mal a nossa Bahia. Vamos dar um basta nisto!”, afirmou Souto na cidade de Serrinha.

No corpo a corpo, Souto denunciou o que chamou de “trágica situação da crescente criminalidade na Bahia” e enalteceu a sua determinação de, ao lado de Geddel (PMDB) – candidato ao Senado – e Joaci Góes (PSDB) – seu vice –, colocar nos eixos a situação. “O estado está entregue ao crime organizado e o governo não reage à altura. São mais de 150 bancos assaltados este ano, mais de 36 mil baianos assassinadas na gestão de Jaques Wagner”, destacou.

Sobre as caminhadas realizadas em praças públicas, Souto ressaltou o sentido histórico dos locais e se colocou de ouvidos atentos para atender a demanda vinda do eleitorado. “É no berço da democracia, nas praças, que eram chamadas de ágora pelos gregos, que transmitimos aos baianos a nossa mensagem de um novo tempo, de uma Bahia pacificada, sem a violência atual, com saúde pública digna e educação de qualidade”, disse.

Já a passagem do democrata por Santanópolis foi marcada pela presença da senhora Maria Ricardina Gomes Rodrigues, de 107 anos. A cidadã centenária, acompanhada pelo filho João, oficial da Polícia Militar, fez questão de ir à praça da cidade encontrar com a chapa majoritária da oposição e o deputado federal Fábio Souto. “Apesar de não ter mais a obrigação, minha mãe faz questão de ir votar nesta chapa no dia 5 de outubro”, disse João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário