28 de jul de 2014

Segundo trem descarrila em menos de 10 dias em Castro Alves

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Um segundo trem descarrilou em menos de dez dias na cidade de Castro Alves, município do recôncavo baiano, a 164 km de Serrinha, nesta segunda-feira (28). De acordo com informações da Polícia Civil da região, o acidente aconteceu por volta das 7h, nas proximidades do distrito de Petim. Ninguém ficou ferido, mas o veículo tombou e obstruiu a BR-242. A rodovia foi liberada ainda hoje.

Segundo a Ferrovia Centro-Atlântica, responsável pelos trens que circulam na região, duas locomotivas e um vagão de um dos trens da empresa descarrilaram. O veículo saiu de Vespasiano, cidade em Minas Gerais, e estava a caminho de Camaçari, na Bahia. Ele era composto por duas locomotivas com 12 vagões vazios e 16 carregados de cal.

O veículo não transportava passageiros, e não houve vazamento de carga ou combustível. Ninguém ficou ferido. O trem foi retirado da via no início da tarde desta segunda-feira (28). O primeiro incidente aconteceu no dia 20 de julho, quando um outro trem de carga descarrilou na zona rural da cidade, e um dos vagões tombou na pista da BR-242, enquanto o veículo fazia uma travessia nas proximidades de uma fábrica da cidade.

O tombamento também interditou a rodovia. O trem transportava apenas o maquinista e um ajudante, mas ninguém ficou ferido durante o acidente. O vagão foi removido da rodovia ainda no dia do acidente e o restante do trem descarrilado foi retirado dos trilhos no dia seguinte.

De acordo com a FCA, empresa que administra a ferrovia, o trem saiu da região da cidade de Vespasiano, em Minas Gerais. Ele seguia para o Porto de Aratu transportando um carregamento de cal.

Trem transitava na zona rural quando o veículo descarrilou no dia 20

Nenhum comentário:

Postar um comentário