30 de set de 2013

Corintiano baleado em confronto com a PM recebe alta e será transferido para presídio

Redação Portal Clériston Silva PCS 

O torcedor corintiano Raphael Machado Castilho de Araújo, 19 anos, baleado em um confronto com policiais há uma semana, na Bahia, recebeu alta neste domingo (29) do Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana. Raphael estava internado após ser atingido por quatro tiros ao tentar furar uma blitz da Polícia Militar, em Santo Estevão. Um amigo do corintiano também foi baleado na troca de tiros.

Raphael recebeu alta logo após o meio-dia de hoje. Ele foi conduzido por policiais ao Complexo Policial Investigador Bandeira, onde prestou depoimento. O corintiano, que já havia sido detido na Bolívia após ser acusado de matar um adolescente após o disparo de um sinalizador, durante partida do Corinthians pela Libertadores, será transferido para o Presídio Regional de Feira de Santana.

O amigo de Raphael, Alex Nascimento da Silva, 21 anos, também baleado no confronto com policiais militares no centro de Santo Estevão, recebeu alta médica na quarta-feira (25) e foi transferido para o presídio, em Feira de Santana. Alex chegou a ser transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, por conta do agravamento do estado de saúde.

Os dois furaram uma blitz e, segundo depoimento dos PMs da 57ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Santo Estevão), reagiram a tiros diante da abordagem dos soldados. Raphael foi atingido por quatro tiros e foi submetido a uma cirurgia.

Raphael estava de carona na uma moto conduzida por Alex. Os dois furaram o bloqueio na rua Genésio Cardoso, por volta da meia-noite de sábado (21). Durante a tentativa de fuga, o torcedor corintiano disparou, segundo a PM, contra a viatura, que revidou.

Segundo a Polícia Militar, o policiamento tinha sido intensificado em Santo Estevão, município localizado a 148 quilômetros de Salvador, após uma onda de assaltos praticada por motociclistas em veículos de grande potência alertar a PM da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário