21 de set de 2013

Amigo de corinthiano baleado em blitz policial é transferido para Salvador

Redação Portal Clériston Silva PCS 

O jovem de 21 anos que estava junto com torcedor do Corinthians, ambos baleados durante uma troca de tiros com a polícia, no centro de Santo Estevão, na Bahia, foi transferido neste sábado (21) para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. Ele não corre risco de morrer.

Ele e o corinthiano Raphael Machado Castilho de Araújo, 19 anos, que ficou detido na Bolívia após ser acusado de matar adolescente com sinalizador durante partida da Libertadores, teriam tentado furar uma blitz e reagido a tiros à abordagem policial.

Raphael foi atingido por quatro tiros e está internado em estado grave no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, segundo informações da 57ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Santo Estevão). Ele foi submetido a uma cirurgia neste sábado e quadro é considerado delicado.

Segundo a Polícia Militar, o policiamento tinha sido intensificado em Santo Estevão, município localizado a 117 quilômetros de Serrinha, após uma onda de assaltos praticada por motociclistas em veículos de grande potência alertar a PM da região.

Raphael estava de carona na uma moto conduzida por Alex. Os dois teriam furado o bloqueio na rua Genésio Cardoso, por volta da meia-noite de hoje. Durante a tentativa de fuga, o torcedor corintiano disparou, segundo a PM, contra a viatura, que revidou.

O corintiano foi alvejado na mão, perna e costelas, enquanto Alex foi atingido nas nádegas. Raphael e Alex abandonaram o veículo e fugiram a pé, mas foram alcançados perto de um antigo cemitério da cidade. Junto com Raphael, a PM encontrou um revólver de calibre 38 e cinco cartuchos de munição deflagrados e dois intactos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário