22 de nov de 2012

Jovem obeso de Serrinha é transferido para Salvador

Redação Portal Clériston Silva PCS

O jovem de Serrinha, que pesa mais de 260 kg, foi transferido na manhã desta quinta-feira (22) para o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador. Francisco Araújo Silva Júnior, de 23 anos, estava internado no Hospital Municipal de Serrinha e conseguiu uma vaga no HGRS para iniciar um tratamento para perder peso.

Doze pessoas, entre homens do Corpo de Bombeiros e funcionários da unidade de saúde em Serrinha, transportaram o paciente para uma maca especial até a emergência, para depois colocá-lo em uma UTI móvel.

A possibilidade de transferir o paciente de helicóptero foi levantada, porém cancelada por conta do peso. Francisco sofre da síndrome de Prader-Willi, que além de obesidade mórbida, causa retardo mental.

Segundo a diretora do Hospital Municipal de Serrinha, Sandra Regina Eduarda, o jovem precisa da avaliação de uma equipe multidisciplinar para, a partir daí, ser analisado se ele pode ou não fazer uma cirurgia de redução de estômago.

A transferência aconteceu por volta das 9h30min.

O caso - Francisco Araújo Silva Júnior estava internado no Hospital Regional de Serrinha desde domingo (11). Ele sofre com a obesidade desde a infância, mas segundo a família, nos últimos anos a situação piorou. Como o hospital não dispõe de uma balança adequada, não se sabe exatamente o peso de Francisco, mas os médicos estimam que ele tenha mais de 260 quilos.

A estimativa é baseada na última pesagem de Francisco durante o tratamento feito em um hospital de Salvador. Desde domingo, ele era mantido no quarto de isolamento do hospital, com máscara de oxigênio, soro e sonda. A perna direita dele está fraturada.

A mãe de Francisco tem esperança de que algum hospital da capital ou de outro estado possa resolver a situação do filho. "Ele precisa de um encaminhamento para um hospital que tenha uma infraestrutura e que possa recebê-lo. Nós não temos suporte de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele precisa fazer uma cirurgia bariátrica. Ele está com acompanhamento médico, recebendo medicação, mas isso só não é suficiente. Ele precisa passar por um procedimento cirúrgico", afirma Teobaldo Santana, diretor administrativo do Hospital Regional de Serrinha.

A transferência aconteceu por volta das 9h30, por uma equipe do grupamento Salvar, do Corpo de Bombeiros
Francisco ao lado dos pais quando ainda tinha 8 anos e começou a engordar

Foto: Ed Santos

Um comentário:

  1. A transferência foi realizada pela equipe da Curativos Serviços de Saúde, empresa que tem contrato com a CER - Central Estadual de Regulação para serviços de transportes inter-hospitalar de pacientes. Para transferência do paciente foram realizadas adaptações na ambulância devido o peso do mesmo. Solicitamos retificação da matéria.

    ResponderExcluir