11 de jul de 2016

Baiana de Pojuca, Amanda Nunes é primeira brasileira campeã do UFC

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A lutadora baiana Amanda Nunes é a primeira brasileira a se tornar campeã do UFC. Amanda, que é conhecida como Leoa, surpreendeu ao finalizar Miesha Tate com um mata-leão ainda no primeiro round da luta principal do histórico UFC 200, em Las Vegas, na noite deste sábado (9).

A baiana venceu seu 13º combate em 17 lutas, e quebrou a invencibilidade de cinco confrontos de Miesha Tate. Com a vitória, ela entra pra história do UFC e do Brasil, que demorou a conquistar um cinturão na categoria feminina. Bethe Correia e Claudia Gadelha já haviam tentado antes, mas sem sucesso.

Amanda agradeceu à namorada, Nina Ansaroff, companheira de American Top Team e lutadora da categoria peso-palha do Ultimate. "É incrível (ser a primeira campeã gay), sou feliz comigo mesma. É isso o que importa. Nina é a melhor parceira de treinos da minha vida. Ela vai ser a próxima campeã dos palhas, podem ter certeza. Ela tem muito talento e significa tudo para mim. Me ajuda demais. Eu a amo", disse na entrevista coletiva pós-luta.

Durante a conversa com a imprensa, a lutadora também foi perguntada sobre um possível duelo com Ronda Rousey no UFC de Nova York, que acontece no dia 12 de novembro, mas evitou mostrar preferência por uma adversária.

Na ala masculina, onze homens diferentes do Brasil já foram donos de cinturão no UFC - contando o título interino de Rodrigo Minotauro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário