31 de out de 2013

Três vítimas de acidente com carro que voltava de enterro em Ipirá seguem internadas

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Duas vítimas de um acidente em Ipirá, na BA-414, na tarde de terça-feira (29), seguem internadas no Hospital Geral do Estado (HGE). Uma terceira vítima continua internada no Hospital Municipal de Ipirá. Sete pessoas morreram no acidente.

Segundo informações da Sesab, Ivane Gomes Machado, 62, está lúcida e irá passar por uma avaliação para receber alta. Ursulina de Deus Andrade dos Santos, 60, está consciente e em observação, com uma pancada na cabeça e dores no peito. As duas estão no HGE.

Um furgão com 17 moradores de Pintadas voltava de um velório em Ipirá quando um dos pneus estourou e o motorista, Alfredo Martins dos Santos, 63, perdeu o controle e capotou na altura do KM 17 da rodovia.

Quatro pessoas foram lançadas do veículo e morreram na hora, incluindo o motorista do furgão. Outra pessoa faleceu ao dar entrada no Hospital Municipal de Ipirá e uma senhora, de 53 anos, não resistiu quando foi transferida para o Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. A sétima pessoa morreu a caminho do HGE. Uma das vítimas, Maria Almeida Rocha da Hora, foi sepultada em Pintadas. Ainda não há identificação oficial das demais vítimas.

Duas pessoas sofreram ferimentos leves e não chegaram a ser hospitalizadas.

O carro que sofreu o acidente teria sido locado por um homem identificado como Miraldo, irmão da mulher que foi sepultada em Ipirá, de onde o grupo retornava após o enterro.

De acordo com a repórter do portal Ipirá Negócios, Cristina Villarino, houve uma avaliação no veículo, que se encontra em estado crítico e, ainda, apresentava os pneus carecas, o que pode ter contribuído para o acidente. O veículo também estava superlotado - tinha capacidade para levar 12 pessoas.

Outras pessoas que ficaram feridas no acidente já receberam alta do Hospital Municipal de Ipirá, que não comentou o caso. A estimativa é de que o acidente tenha deixado 8 feridos, além dos sete mortos. 

A prefeitura de Pintadas decretou luto oficial de três dias em memória às vítimas do acidente. O veículo fazia transporte clandestino, segundo a TV Bahia. A delegacia de Ipirá investiga o caso.

Foto: Calila Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário