15 de out de 2013

Policial civil e funcionários do Detran são presos durante operação em Brumado

Redação Portal Clériston Silva PCS

Uma quadrilha envolvida em roubo, furto e receptação de motocicletas na região de Brumado, tendo entre os integrantes três servidores de Ciretrans e um escrivão de polícia, foi desarticulada, nesta terça-feira (15), durante operação conjunta do Ministério Público e da Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar. Cem Policiais Civis e 41 PMs, lotados em Brumado, Salvador, Itapetinga, Bom Jesus da Lapa, Jequié, Guanambi e Vitória da Conquista cumpriram nove mandados de prisão, um de apreensão de menor e 19 de busca e apreensão.

Ivan da Silva Santos, Leda Cristina Brito dos Santos e Saulo Miranda Silva dos Santos são acusados de esquema de fraude em CNHs e veículos roubados

Como desdobramento da investigação, iniciada há 14 meses para apurar o roubo de motos na BR-030, os policiais chegaram até os servidores públicos Leda Cristina Brito dos Santos e Saulo Miranda Silva dos Santos, da Ciretran/Brumado, Ivan da Silva Santos da Retran de Paramirim, e Ivan Silveira, escrivão de polícia de Brumado, todos envolvidos em crime de corrupção. O escrivão já foi transferido para a Corregedoria da Polícia Civil, em Salvador.

Segundo o delegado Romilson Dourado dos Santos, titular da Delegacia Territorial (DT/Brumado), Saulo participava de um esquema para desviar e vender motocicletas apreendidas, enquanto Ivan da Silva Santos providenciava documentos falsificados para que veículos de origem ilícita parecessem legais. Leda Cristina facilitava a aprovação nas provas teóricas nos exames para expedição de Carteira Nacional de Habilitação. Já o escrivão Ivan Carlos cobrava vantagem ilícita sob a promessa de beneficiar pessoas investigadas. 

Durante a Operação BR-030, além desses quatro servidores públicos, foram presos José dos Santos Ferreira, o “Zé Galinha”, apontado como líder da quadrilha, Zelito Monteiro Sobrinho, Laudinei Marinho Souza, Daniel Marinho Souza e Jorge Ribeiro Rocha. Um adolescente de 17 anos, participante do bando, foi apreendido. Houve também a apreensão de 15 motocicletas, dez veículos, R$ 20,8 mil em espécie, R$ 116,5 mil em cheques, R$ 70,4 mil em notas promissórias e ainda diversos documentos de processos de transferências e documentos de veículos.

José Ferreira (à direita) e dois comparsas: esquema de revenda de motos roubadas

Receptação - “Zé Galinha” é suspeito de ceder armas para que assaltantes sob o seu comando furtassem e roubassem motocicletas, posteriormente receptadas por ele e revendidas na zona rural, por valores entre R$ 600 e R$ 700. “O grupo também é envolvido em roubo de gado, atacando fazendas à noite, e transportando os animais em caminhonetes, para revenda, em outras regiões do estado”, apurou o delegado Romilson Dourado.

Em nota, o Detran-Ba esclarece que já tinha conhecimento das fraudes, por conta de auditorias internas, e que aguardou o desfecho da operação para não prejudicar o trabalho do Ministério Público e da Polícia Civil.

O diretor geral do Detran-Ba, Maurício Botelho, já autorizou a publicação da exoneração de todos os servidores envolvidos, além da abertura de processo administrativo para que os fatos sejam apurados. As exonerações serão publicadas no Diário Oficial do Estado da Bahia desta quarta-feira (16).

Quadrilha é acusada de roubo de motocicletas, receptação e venda de peças em desmanche de veículos

Cem Policiais Civis e 41 PMs participaram da operação
Servidores presos serão exonerados
Quatro servidores públicos, três do Detran e um da Polícia Civil, participavam do esquema
A operação conjunta foi organizada pelo Ministério Público e pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar

2 comentários:

  1. Meu esposo teve sua moto roubada. Era uma Broz vermelha com prata de placa OKU-6020. Alguém poderia me dizer como pedir informação a respeito dessas motos apreendidas? Moro em Caetitè.

    ResponderExcluir
  2. Meu esposo teve sua moto roubada. Era uma Broz vermelha com prata de placa OKU-6020. Alguém poderia me dizer como pedir informação a respeito dessas motos apreendidas? Moro em Caetitè.

    ResponderExcluir