20 de mai de 2014

Policiais civis baianos participam de paralisação nacional na quarta (21)

Redação Portal Clériston Silva PCS

Os policiais civis da Bahia vão paralisar as atividades por 24h na quarta-feira, 21 de maio, como parte de um protesto que a categoria faz nacionalmente. Em alguns estados, param também as polícias Federal e Rodoviária Federal.

Segundo a Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), já estão confirmadas paralisações na quarta nos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins. Nos demais estados, assembleias entre hoje e amanhã devem definir as paralisações.

Em nota, a Cobrapol diz que alguns decidiram paralisar 50% do efetivo policial e outros cumprir a determinação da lei de manter 30% dos serviços funcionando.

O movimento de paralisação, por 24 horas, é organizado pela Cobrapol e pela Fenapef (Federação Nacional de Policiais Federais) e pela Fenaprf (Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais). 

"Você sabe qual será o legado da Copa para a segurança pública? Nenhum. Os índices de criminalidade vão reduzir em todo o país durante o evento, mas depois tudo voltará. Não há projeto voltado para o cidadão. Aquele que paga imposto e vive aqui vai continuar sem segurança", disse Jânio Gandra, presidente da Cobrapol.

Em Brasília, os policiais pretendem caminhar até o Ministério da Justiça ou a Praça dos Três Poderes (ainda será definido). No Rio, os policiais civis farão uma caminhada da Cidade da Polícia até a Tijuca, zona norte da cidade, onde no fim do dia haverá uma assembleia da categoria.


Nenhum comentário:

Postar um comentário