13 de mai de 2014

PF deflagra operação de combate ao desvio de recursos públicos em municípios da Bahia

Redação Portal Clériston Silva PCS 

A Polícia Federal, com a cooperação da Controladoria Geral da União (CGU), da Receita Federal e da APE – Assessoria de Pesquisa Estratégicas da Previdência Social, realiza na manhã desta terça-feira (13) a "Operação 13 de Maio" com o fim de combater crimes de desvio de recursos públicos e corrupção praticados em prefeituras municipais. Estimativas iniciais apontam que pelo menos R$ 30 milhões foram desviados, em 20 cidades da Bahia.

Cerca de 400 Policiais Federais, com o apoio de 45 servidores da CGU e 45 da Receita Federal, cumprem 29 mandados de prisão temporária e 83 mandados de busca e apreensão, decretados pela Justiça Federal. A justiça determinou, ainda, o afastamento cautelar de sete pessoas de suas atividades profissionais, inclusive de funções públicas ocupadas.

A operação ocorre em 26 municípios baianos, além de Aracaju/SE e Brasília/DF. Entre os suspeitos com prisão determinada pela justiça, dois são prefeitos e seis são ex-prefeitos. Quatro vereadores também tiveram a prisão decretada, além de cinco secretários municipais e nove funcionários públicos. As apurações conduzidas até o momento apontam a existência de uma organização criminosa, em atividade há mais de uma década, composta por funcionários públicos e empresários.

Eles atuavam com a finalidade de desviar recursos públicos oriundos da conta do Fundeb, além de outros de origens federais, estaduais e municipais. O grupo utilizava empresas de fachada e laranjas contratados para a realização de serviços de engenharia, de transporte escolar e realização de eventos sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário