27 de mai de 2014

Governador Wagner e presidente da Petrobras visitam Serrinha nesta quarta (28)

Redação Portal Clériston Silva PCS

A Prefeitura de Serrinha, por meio da Secretaria de Agricultura, em importante parceria com a Articulação Semiárida Brasileiro – ASA, e com a Petrobras, participam da Cerimônia de Conclusão de 20 mil Sistemas de Captação de Água do Programa de Formação e Mobilização Social para a Convivência com o Semiárido. A solenidade acontece nesta quarta-feira (28), a partir das 08 horas, na Comunidade Rural da Levada 1, com as presenças da Presidenta da Petrobras, Graça Foster, da Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, do governador da Bahia, Jaques Wagner, além de outras autoridades.

A construção dos 20 mil sistemas foi possível por intermédio do incentivo estrutural e financeiro da Petrobrás e desenvolvido pelo Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), que faz parte das ações do Programa de Formação e Mobilização Social para Convivência com o Semiárido da ASA. O objetivo do programa é fomentar a construção de processos participativos de desenvolvimento rural no Semiárido brasileiro e promover a soberania, a segurança alimentar e nutricional e a geração de emprego e renda às famílias agricultoras, através do acesso e manejo sustentáveis da terra e da água para produção de alimentos.

Estas importantes parcerias contribuem para o desenvolvimento local, regional e nacional e promovem a inserção social digna e produtiva da população de baixa renda. Esses são objetivos do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, que já investe em outras iniciativas no semiárido brasileiro. É o caso do Selo Unicef Município Aprovado, que atua na proteção dos direitos de crianças e adolescentes em cerca de 1.500 municípios.

O município de Serrinha que vem se destacando no cenário estadual e nacional pela implantação de importantes políticas de convivência com o semiárido, inclusive ganhando prêmios de destaque, a exemplo do Programa Segunda Água do Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território do Sisal –CONSISAL, recebeu este importante apoio da ASA e da Petrobras na implantação de tecnologias simples, de baixo custo, fáceis de serem implantadas e já adaptadas às condições de vida da população rural do Semiárido. A construção de tecnologias sociais de captação de água para produção integra o eixo de inclusão produtiva rural do Brasil Sem Miséria, meta do governo federal.

Segundo dados oficiais do Ministério da Integração, o Semiárido brasileiro abrange uma área de 969.589,4 km² e compreende 1.133 municípios de nove estados do Brasil: Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. (Ascom/Serrinha)


Nenhum comentário:

Postar um comentário