12 de mar de 2014

São Gonçalo dos Campos: Estudante acusada de matar colega com estilete é condenada a 14 anos de prisão

Redação Portal Clériston Silva PCS 

A estudante acusada de matar uma colega com golpes de estilete em São Gonçalo dos Campos, a 92 km de Serrinha, foi condenada nesta terça-feira (11) a cumprir a pena de 14 anos de prisão em regime fechado. O julgamento de Ana Cláudia Conceição dos Santos, 21 anos, aconteceu no Fórum da Comarca da cidade, entre às 10h e 16h de hoje. De acordo com o Tribunal de Justiça da Bahia, a juíza também negou o direito dela recorrer da decisão em liberdade.

Ana Cláudia respondia pelo assassinato de Suele de Oliveira Cerqueira, que foi morta com um golpe de estilete no pescoço. O crime aconteceu em frente à Escola Reunida Antônio Carlos Pedreira, no dia 5 de setembro de 2011, depois que Ana e Suele discutiram dentro da sala de aula.

O desentendimento continuou depois do fim das aulas na escola, quando Ana atingiu Suele do lado de fora. Ela confessou o crime após ser presa, e disse que agiu em legítima defesa. Na ocasião, em entrevista ao site Acorda Cidade, Ana Cláudia disse que se arrependeu do que fez e que ela e Suele brigaram por conta de intrigas e fofocas. Durante a aula, segundo Ana Cláudia, amigas de Suele disseram para ela que iam resolver a questão "lá fora". Suele também estava com um estilete - segundo Ana Cláudia, a maioria dos estudantes leva o objeto para as aulas para usar como apontador de lápis.

"Eu fiquei desesperada sem saber o que fazer porque eu cortei para me defender. Estou arrependida. Nunca pensei que fosse fazer uma coisa dessas”, disse Ana Cláudia na ocasião. Ela também pediu perdão à família da vítima e disse que agiu sozinha.

Ana Cláudia foi condenada por unanimidade pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil. Ela já estava presa há dois anos e seis meses no Presídio Regional de Feira de Santana. Segundo a TV Bahia, os advogados da vítima informaram que irão recorrer a sentença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário