3 de mai de 2019

Operação desmonta quadrilha especializada em receptação e adulteração de veículos na região de Capim Grosso

Redação Portal Cleriston Sillva PCS

Dois integrantes de uma quadrilha especializada em receptação e adulteração de motos foram capturados, nesta quinta-feira (2), durante a operação "Moto de Ladrão" que envolveu unidades das Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (COORPINs) de Serrinha e Jacobina. Wilian de Souza e Eugenio Alves da Silva, vulgo "Gene", foram localizados nas cidades de Capim Grosso e Várzea da Roça, situadas a 135 e 170 km de Serrinha, respectivamente. Ambos possuíam mandados de prisão em aberto.

A Polícia Civil informou ao Portal Cleriston Silva – PCS que os veículos eram furtados e/ou roubados na região de Feira de Santana e, no mesmo dia, eram levados para a região de Capim Grosso, antes mesmo da conclusão do Boletim de Ocorrência. Na cidade, a quadrilha suprimia o número de identificação dos chassis das motocicletas e falsificava notas fiscais de leilão para vender os veículos roubados.

Polícia recuperou seis motos; veículos estavam escondidos em casa alugada pela quadrilha





Segundo a polícia, o principal atrativo para os 'compradores' é o preço, que é bastante abaixo do mercado legal. "Houve também a informação de prática semelhante com carros, mas em menor escala. Ao que consta da investigação, em poucas semanas de atuação investigada, o prejuízo total aos proprietários dos veículos roubados pode chegar a marca de R$ 300 mil, envolvendo cerca de 30 veículos", informou a Polícia Civil.

Na operação foram apreendidas seis motocicletas, sendo cinco com restrição de roubo ou furto, notas fiscais falsificadas e R$ 15 mil em espécie. Os veículos estavam escondidos em uma casa alugada pela quadrilha. Outras dez motos foram recuperadas em operações anteriores. Além das motos de diferentes marcas e modelos, também foram encontradas ferramentas utilizadas para eliminação de números identificadores dos bens.

Foram mobilizados policiais das delegacias de Nova Fátima, Valente, Riachão do Jacuípe, Santaluz, Capela do Alto Alegre, Várzea da Roça e Mairi. A dupla está custodiada na carceragem da 15ª Coorpin/Serrinha e responderá pelos crimes de receptação qualificada, falsificação de documentos e associação criminosa. As motos foram encaminhadas para a perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT). *Informações e fotos do repórter Reny Maia/PCS

R$ 15 mil em espécie foram apreendidos na operação

Nenhum comentário:

Postar um comentário