24 de mai de 2019

Ministério Público pede cancelamento de vaquejada em Biritinga

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Letícia Baird, recomendou ao parque de vaquejada Fazenda Pontal, em Biritinga, que suspenda a realização da "vaquejada na Fazenda Pontal", programada para ser realizada até o próximo domingo, dia 26.

A 3ª Promotoria de Justiça Regional de Serrinha recomendou ainda que, "caso se pretenda realizar a vaquejada depois, o MP e as autoridades sanitárias, de segurança pública e defesa civil, deverão ser comunicados com antecedência mínima de 10 dias", o que não teria ocorrido desta vez.

Segundo a promotora de Justiça Letícia Baird, diligências realizadas pelo MP e documentos da Secretaria de Meio Ambiente de Biritinga apontam para "falta de estrutura no local e ausência de providências preventivas para a segurança e saúde dos animais".

A promotora levou em conta ainda o fato do representante do parque de vaquejada não ter apresentado evidências de que cumpre as normas da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), bem como a informação de que animais de outros estados poderiam participar do evento, sem a tomada das medidas obrigatórias previstas pela Superintendência Federal de Agricultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário