21 de mar de 2015

Edylene visita escolas e posto de saúde e participa de comemoração do ‘Março Mulher'

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Identificar demandas, fazer encaminhamentos e conversar com profissionais e pessoas atendidas pelos serviços disponibilizados em áreas consideradas prioritárias. Com esse propósito, a vereadora Edylene Ferreira (PV) está visitando unidades públicas de Saúde e Educação.

Nesta sexta-feira (20), a vereadora esteve nas Escolas Ivete Oliveira e Leobino Cardoso Ribeiro. Edylene também visitou o Posto de Saúde da Família (PSF) e o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), localizados no bairro da Rodagem.

Após percorrer as instalações das unidades de ensino, saúde e assistência social, a vereadora participou de um evento alusivo ao mês da mulher (Março Mulher) no auditório do Departamento de Educação (DEDC) do Campus XI da UNEB/Serrinha.

Ao lado de Lícia Maria de Lima, coordenadora do Núcleo de Pesquisas e Extensão - NUPI, e Elivânia Alves, diretora do Campus, Edylene parabenizou todas as mulheres, especialmente as mulheres da universidade.

Ao lembrar que por muito tempo a mulher vivenciou a invisibilidade social, ela passou a mensagem de que hoje a mulher conseguiu superar essa invisibilidade e passou a ocupar espaço no mercado de trabalho, na política, na gestão, educação e no lar “e mesmo diante dessas conquistas não deixaram de ser mãe, filha, avó, esposa. Sempre primando pela saudável relação intrafamiliar, colocando a família como a base da sociedade”, declarou.

Por fim, a vereadora ressaltou a força da mulher guerreira. “Tenho certeza que as mulheres têm condição de continuar vencendo”, disse ao lembrar que mesmo na câmara, continua suas atividades domésticas.

Encerrando a maratona de compromissos, Edylene visitou uma exposição que mostra parte da história da civilização Maya, no espaço cultural do shopping Serrinha. Denominada ROTA MAYA, a exposição ficará em cartaz até o dia 30 deste mês.

O acervo da exposição conta com mais de 140 peças, entre réplicas e originais com mais de 1.800 anos de existência. As peças variam entre máscaras, frascos de perfumaria, pratos e estatuetas, além de variadas peças arqueológicas. Os textos, fotos, estandartes e materiais adequados ao tema compõem o cenário perfeito para mergulhar no universo desta exposição cheia de mistérios, ciência, arte, escrita, arquitetura, matemática e astronomia.

A professora Consuêlo Esteves, monitora da exposição, explicou que a história da civilização Maya começou no ano de 1.800 a. C., quando surgiram os primeiros acampamentos na região de Soconusco, no México. Com o tempo nasceram grandes centros de cultura, religião e comércio, que impulsionavam os Mayas ao desenvolvimento.

A arte Maya, com seus entalhes em madeira e pedra, é considerada por muitos como uma das mais belas da era Clássica. Desde a queda da civilização Maya, em 1695, seu legado cultural continua encantando milhões de pessoas mundo afora.

Visita à Escola Ivete Oliveira

Visita à Escola Ivete Oliveira
Visita ao Posto de Saúde da Família da Rodagem

Visita à Escola Leobino Cardoso Ribeiro
Evento alusivo ao ‘Março Mulher’ no auditório da UNEB/Serrinha
Visita à exposição cultural Rota Maya
Visita à exposição cultural Rota Maya

Nenhum comentário:

Postar um comentário