30 de jan de 2013

NACOM realiza Sarau de Premiação

Redação Portal Clériston Silva PCS 

O NACOM – Núcleo de Arte, Cultura e Comunicação na Comunidade, realizou no último sábado (dia 26), o I Sarau do NACOM, com o objetivo de premiar os participantes selecionados no I Prêmio NACOM JOVEM de Fotografia e Literatura. O evento contou com a participação de 122 jovens de Serrinha e do território do Sisal, sendo 12 premiados. Foram inscritas 56 fotografias e 78 textos.

O I Sarau de Premiação aconteceu na Filarmônica 30 de Junho, que é parceira do NACOM desde o seu surgimento e contou com o apoio do Colégio Estadual Rubem Nogueira, local onde fica a sede do Ponto de Leitura "Na Roda Com Novos Escritores".

Além da premiação, a noite foi um grande momento de apresentações artísticas, teatro, poesia, literatura, fotografia e muita música pela juventude de Serrinha.

Os jovens Carla Nascimento Lima, Tarcisio Santos Araújo e José Rafael Pastor Silva foram premiados por suas fotografias. Já Ana Paula Silva Oliveira, Manuele S. Santiago e Maria Jeise Queiroz de Carvalho receberam o prêmio pelos melhores textos.

Além dos jovens artistas, poetas e músicos participaram do evento a diretoria da NACOM, o Conselheiro Estadual de Cultura e o vereador Sandro Magalhães, que é um dos idealizadores do projeto.

Segundo a diretoria, a II Edição do Premio de Literatura e Fotografia incluirá trabalhos em audiovisual e o lançamento está agendado para maio de 2013.

2 comentários:

  1. Parabéns a juventude,protagonizando o cenário Cultural de Serrinha e ao Vereador e Gestor Cultural Sandro Magalhães pelo incentivo.

    ResponderExcluir
  2. Nos meus estudos e pesquisas, que procuro sempre atualizar, lembro-me que a arte em sua origem foi magia fundida, combinada com a ciência e a religião auxiliando a dominação de um mundo real. Esse papel mágico da arte foi progressivamente cedendo lugar ao papel de clarificação das relações sociais, de iluminação dos homens em sociedade, ao papel de ajudar e transformar a realidade social. Na verdade quer embalando,quer despertando, jogando com sombras ou trazendo luzes, a arte capacita o “EU” a identificar-se coma vida de outros, incorpora a se aquilo que ele não é, mas tem possibilidade de ser. O artista não se serve apenas da razão e da argumentação, também da sugestão e do sentimento. Ele não se limita colocar seu público em face da sua obra, permite-lhe igualmente “entrar” nela.
    A importância da arte para um jovem não é a de fazer magia e sim de esclarecer e incitar à ação!Em todas as suas formas de desenvolvimento, na comicidade e na dignidade, na persuasão e na exageração, na significação e no absurdo, na fantasia e na realidade, a arte tem sempre um pouco a ver com a magia.
    A arte é importante, principalmente para que o jovem se torne capaz de conhecer e mudar o mundo. E o meu papel no NACOM é de fazer com que isso aconteça, orientando, dando força, elogiando, passando conhecimentos...Adoro a juventude e a arte é minha vida.
    Consuêlo Esteves.

    ResponderExcluir