11 de jan de 2013

Mulher acusa prefeitura de Santaluz de doar terreno de sua propriedade

Redação Portal Clériston Silva PCS 

A dona de casa Leneiva Evangelista de Melo, 39 anos, acusa a prefeitura de Santaluz, no nordeste baiano, de doar um terreno na Avenida Nilton Oliveira Santos que, segundo ela, foi comprado por sua mãe há 30 anos.

A mulher procurou ao site Calila Notícias nesta quinta-feira (10), com documentos da área, localizado entre o Banco do Brasil e a sede do INSS recém-construída. Para provar a localização do seu terreno, ela informou que buscou a estratégia de ingressar com um mandado de segurança tributária para forçar a prefeitura a lhe entregar o carnê do IPTU, documento que contém informação sobre o endereço do lote.

Leneiva conta que procurou a administração local no ano de 2012 por diversas vezes, onde lhe solicitaram cópia da escritura pública, partilha de bens, Imposto de Transmissão de Bens de Imóveis (ITBI) e ainda certidão negativa da propriedade expedida recentemente.

Após oito meses, a solicitação não teve resposta. “É de ficar indignada porque infelizmente existem pessoas públicas que não defendem os direitos das pessoas. Elas apenas pensam em suas vantagens políticas”, declarou ao site.

Nenhum comentário:

Postar um comentário