18 de ago de 2011

Suspeito de matar tesoureiro do PT é preso em São Gonçalo

Márcio Machado foi morto com tiros na cabeça
A polícia civil do município de Feira de Santana, a 81 km de Serrinha, prendeu na noite de quarta-feira (17), com o apoio de agentes da delegacia de São Gonçalo dos Campos, o tratorista André Luis da Conceição Santos, que é suspeito de ter envolvimento no assassinato de Márcio Machado da Silva, 31 anos, tesoureiro do PT (Partido dos Trabalhadores) de São Gonçalo, com tiros na cabeça no dia 30 de julho deste ano.

André foi preso em São Gonçalo, onde teve a prisão temporária de 30 dias decretada pelo juiz Antônio de Pádua Alencar, titular da Comarca de São Gonçalo. Ele está preso no Complexo Policial Investigador Bandeira, no município de Feira de Santana. O crime será investigado pelos delegados Fábio Daniel Lordello e Jean Souza.

Ele foi morto a tiros em uma estrada de terra na entrada da Ilha de São Gonçalo, próximo a uma fazenda na zona rural da cidade. A vítima, conhecida como “Nengo do Bar”, foi surpreendido por três bandidos armados quando deixava sua casa junto com a esposa para ir a um aniversário. Márcio Machado foi colocado no porta malas do carro dos bandidos e sua esposa, Elizângela Cardoso, foi conduzida em seu próprio veículo, um Corsa Classic, por outros integrantes do grupo.

Perto da Fazenda Paixão, os bandidos retiraram o comerciante do carro e o executaram com cinco tiros, todos na cabeça. Em outra região, na localidade de Mercês, Elisângela, sua esposa, foi agredida com uma coronhada na cabeça, abusada sexualmente e deixada sem roupa na estrada. O veículo do comerciante foi encontrado incendiado no local da execução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário