31 de jul de 2011

São Gonçalo dos Campos: tesoureiro do PT é raptado e executado

O comerciante e tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) de São Gonçalo dos Campos, a 102 km de Serrinha, Márcio Machado da Silva, 31 anos, conhecido como “Nengo do Bar”, foi raptado de dentro de casa e morto a tiros na noite de sábado (30) na zona rural do município.

A polícia acredita que antes de ser executado, o comerciante foi obrigado a ficar ajoelhado.

Segundo informações da Central de Comunicação da Polícia Militar (CCPM), quatro homens fortemente armados invadiram a casa da vítima, localizada no bairro da Cruz, por volta das 20h00m, e renderam a família.

O comerciante foi colocado no carro dos criminosos e levado para o local da execução, enquanto a mulher dele, Elisângela Cardoso, foi trancada no porta malas do próprio carro, um Corsa Classic, placa NYJ 0508, e levada para a estrada da Marcês, onde foi abandonada sem roupas e o veículo incendiado.

Márcio Machado foi executado numa estrada deserta na localidade de Ilha de São Gonçalo, próximo à Fazenda Paixão, com seis tiros na cabeça.

A polícia ainda não sabe o que motivou o crime. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Feira de Santana na manhã deste domingo (31). A investigação ficará a cargo do delegado Jean Silva Souza, titular da delegacia territorial de São Gonçalo. A polícia fez diligências, mas não conseguiu localizar nenhum suspeito.

Veja outras imagens

Márcio Machado foi executado numa estrada próximo à Fazenda Paixão
A polícia encontrou munição no local
Carro da mulher da vítima foi incendiado pelos criminosos

Foto: Edilson Cerqueira/Furão

Nenhum comentário:

Postar um comentário