9 de mar de 2019

Em apoio a comerciantes, prefeito anuncia obra no Mercado Municipal de Carnes

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Em audiência realizada na tarde da última quinta-feira (7), Ministério Público, representantes do governo municipal – incluindo o prefeito Adriano Lima -, e uma comissão de comerciantes de carnes do Mercado Municipal de Serrinha avançaram rumo a uma solução definitiva para a venda do produto no entreposto.

Ficaram definidos alguns encaminhamentos e prazos, estabelecidos pela promotora pública Letícia Baird. O governo, representado na audiência pelo prefeito Adriano Lima, além do procurador do Município, Cyro Novaes, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Serviços Públicos, Hermano Amador, e o coordenador municipal de Mercados, Jean Charles, vai reformar o Mercado em caráter emergencial, para proporcionar aos comerciantes as condições de comercialização das carnes dentro das normas legais.

Ficou estabelecido que dentro de 30 dias o governo municipal deverá apresentar ao MP um projeto de reforma, com cronograma de execução da obra com data de início e fim dos serviços que serão executados no Mercado Municipal. “Essa reforma emergencial com recursos próprios”, destacou o prefeito Adriano Lima.

Durante a reforma, os comerciantes não serão relocados. A prefeitura vai isolar as áreas em obras dentro do entreposto, mas a venda do produto vai acontecer às quartas e sábados normalmente, pois os serviços não serão executados nesses dias. “Um dos cuidados do governo é garantir que esses pais e mães de família possam continuar botando o pão na mesa, mesmo durante a reforma”, salienta o prefeito Adriano.

Participaram, também, da audiência o vereador Rogério da Cerâmica e os comerciantes Alan Oliveira Nascimento, Elcione de Jesus Lima e Rosivaldo Ladislau França. A intenção do governo municipal, destacou o prefeito Adriano, é acelerar a parte burocrática para iniciar o quanto antes as reforças necessárias. “Vamos reunir secretários envolvidos na reforma, também os comerciantes e definir os detalhes para iniciar logo as obras”, diz Adriano Lima.

Prefeito busca solução desde 2017 - Vale lembrar que existe uma previsão de verba a ser liberada de R$ 2.5 milhões junto ao Ministério da Integração, através de emenda parlamentar desde 2017, para uma ampla reforma e, principalmente, ampliação do Mercado. “Estamos enfrentando os trâmites burocráticos para liberação dos recursos, principalmente a partir da fusão entre o Ministério das Cidades e o da Integração. Mas já existe o termo de compromisso, assinatura de convênio e, inclusive, abertura da conta na Caixa Econômica para recebimento dos recursos”, explica o prefeito, destacando que o Município já fez sua parte em relação a essa situação da verba.

“Essa é uma prova da nossa preocupação e compromisso em melhorar as condições de trabalho daqueles mais de 500 comerciantes do mercado, desde 2017, quando assumimos”, concluiu Adriano Lima. (Fonte: Assessoria de Comunicação PMS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário