25 de mar de 2019

Serrinha: Após chuvas, secretarias fazem trabalho conjunto

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A chuva que cai em Serrinha desde a madrugada de sábado (23) castiga a cidade. Várias ruas e avenidas sofrem com os danos causados pela forte chuva. Por determinação do prefeito Adriano Lima, o governo municipal tem dado toda a assistência necessárias às famílias atingidas. Todas as secretarias estão em alerta.

Desde as primeiras horas da madrugada do sábado equipes da Secretara Municipal de Infraestrutura foram acionadas e imediatamente agiram, desobstruindo redes de esgoto, limpando ruas e avenidas e retirando lama e areia acumuladas. “Estamos trabalhando para que as ruas fiquem desobstruídas e também agindo na rede de esgoto, que é fundamental para escoamento das águas”, informa o secretário Misael Neto.

Outro importante trabalho tem sido feito pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Desde sábado as equipes se deslocaram para os bairros mais atingidos pela chuva. De acordo com a secretária Adriana Mello, assistentes sociais e psicólogos da pasta estão nas ruas mais atingidas prestando toda a assistência necessárias. “Nesse primeiro momento fizemos um levantamento das famílias atingidas e suas necessidades materiais. Verificar, também, a carência de alimentação, colchões e roupas para distribuição imediata”, explica a secretária.

Muito trabalho também para a Defesa Civil Municipal. As principais ocorrências foram relacionadas a água que invadiu casas. De acordo com Henrique Daltro, coordenador da Defesa Civil de Serrinha, a possibilidade de chuva estava sendo monitorada desde a sexta-feira (22). “Através dos sistemas climatológicos”, informa.




Ainda segundo Henrique, desde a noite de sexta-feira a Defesa Civil interviu na situação da queda da árvore na BR 116 Norte. “Acionamos as secretarias de Meio Ambiente e Infraestrutura”, destaca. Ele diz também que houve queda de muro, mas felizmente sem vítimas. Desde o sábado (23), conforme Henrique, o trabalho nas ruas e avenidas atingidas pela chuva foi feito em conjunto com as secretarias de Assistência Social e Infraestrutura.

“Houve uma situação em um condomínio particular com a água da chuva invadindo casas, que é uma situação complexa por se tratar de área particular. Mas estamos aguardando laudos para emitirmos parecer sobre a situação”, explica. O coordenador da Defesa Civil salienta que a situação, até agora, foi mais grave em algumas ruas de Vila de Fátima e próximo a condomínios na BR 116 Norte.

Prefeito avalia decretar estado de calamidade - O prefeito Adriano Lima avalia a possibilidade de o município decretar estado de calamidade pública em função dos estragos provocados pela chuva que castigou Serrinha desde a madrugada de sábado (23).

A decisão depende de uma avaliação técnica que está sendo feita pela Defesa Civil Municipal junto ás secretarias envolvidas nas ações. “A partir dessa avaliação técnica poderemos decretar (estado de calamidade)”, explica o prefeito, que está acompanhando atentamente a situação.

De acordo com o coordenador da defesa Civil Municipal de Serrinha, Henrique Daltro, em apenas duas horas choveu no município o equivalente a 122 milímetros de água. “Até agora o total passa de 200 milímetros, o que é uma quantidade considerada grande”, destaca o prefeito. (Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Serrinha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário