11 de mar de 2019

Prefeito de Serrinha admite necessidade de 'medidas cruéis' para equilibrar contas

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Primo do novo presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Plínio Carneiro Filho, o prefeito de Serrinha, Adriano Lima (MDB), concordou com a expressão “medidas que possam ser cruéis” precisam ser tomadas por prefeitos (lembre aqui), dita por Plínio Filho.

“Medidas estão sendo tomadas. Isso repercute muito na população, mas a gente tem que ter equilíbrio. Na educação, cortamos contratos, quase 60%. Fizemos uma reordenação de funcionários. Foi uma economia muito grande”, afirmou, ao site Bahia Notícias, nesta segunda-feira (11), durante a posse de Plínio Filho como presidente do TCM.

“Ele [Plínio Filho] sabe que a tocada hoje da gestão pública, principalmente 2017 para cá, a gente enxerga que tem que ser muito austero para poder equilibrar as contas. Com baixa da arrecadação, você tem que cortar contratos e uma série de despesas para ter o respeito da Lei de Responsabilidade Fiscal”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário