29 de mar de 2019

Polícia Civil prende acusado de matar mototaxista em Serrinha

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Ícaro Nunes da Invenção, de 27 anos, foi preso na noite desta quinta-feira (28) suspeito de matar a tiros o mototaxista Hélio Lima Filho, de 36 anos, na região do povoado Caracol, em Serrinha. Após o crime, Ícaro fugiu levando a moto da vítima e foi encontrado no município de Tucano, a 85 km de Serrinha.

A reportagem do Portal Cleriston Silva – PCS – apurou que a vítima e o autor do crime teriam discutido horas antes do assassinato no ponto de mototaxi onde a vítima trabalhava, no bairro da Rodagem. Momentos depois da discussão, o acusado retornou e solicitou uma corrida até o povoado do Caracol. Hélio, por sua vez, aceitou fazer a corrida.

No meio do caminho, o acusado mandou o mototaxista parar e efetuou disparos contra ele. Moradores da região encontraram a vítima agonizando por volta das 11h50 e acionaram a Polícia Militar. O mototaxista chegou a ser levado para o Hospital Municipal, porém não resistiu.

Também foram presos Elias Araújo de Jesus e Alex de Jesus Santos. Eles teria emprestado a arma usada no crime, segundo a polícia



Logo após tomar conhecimento do caso, o Serviço de Inteligência (SI) da 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), sob o comando do delegado regional Mozart Cavalcanti, iniciou as investigações e localizou o suspeito nove horas após o crime, no distrito de Caldas do Jorro. A arma usada no crime foi apreendida.

Além de Ícaro, foram presos Elias Araújo de Jesus e Alex de Jesus Santos, vulgo "Piru". Segundo a investigação, eles teria emprestado a arma usada no crime. No entanto, eles não são apontados como coautores do assassinato.

A moto da vítima - Honda Fan, placa PXK-7684 - também foi apreendida. O suspeito, que já acumula passagens pela polícia pelos crimes de roubo e tráfico de drogas, confessou o homicídio, mas não revelou o motivo. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde permanece detido à disposição da Justiça.

Arma usada no crime foi apreendida

Nenhum comentário:

Postar um comentário