28 de nov de 2016

Monte Santo: Cidade sofre com estiagem; ‘gado tá morrendo’, diz prefeito

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A cidade de Monte Santo, no Território do Sisal, é mais uma que padece sob os efeitos da seca. Um decreto de emergência reconhecido pelo Estado neste sábado (26) põe a cidade na lista das 75 com a situação vigente. Em Monte Sato são 84,5% de afetados, ou 44 mil dos 52 mil habitantes, segundo dados da prefeitura remetidos à Superintendência de Defesa Civil do Estado (Sudec).

De acordo com o prefeito Jorge José de Andrade (PP), a situação prejudica todo o município, com perdas já registradas na agropecuária. "Aqui, o gado já tá (sic) morrendo. Quem tem condição de comprar ração, consegue administrar. Quem não tem, que é a maioria, vive no sacrifício", dise Andrade ao site Bahia Notícias.

Para minimizar os efeitos, os produtores da cidade têm recorrido a plantas resistentes, como mandacaru e macambira, para alimentar os rebanhos de bovinos e caprinos, dominantes na região. A produção tradicional de milho e feijão também está ameaçada. O gestor, que termina o mandato em dezembro, espera que a ajuda de carros-pipa e outros auxílios chegue a tempo.

Este é o segundo decreto de emergência por estiagem reconhecido pelo Estado neste ano em Monte Santo. Neste último, a condição vale por 180 dias, contados a partir de 27 de outubro passado, quando Andrade homologou o decreto no Município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário