30 de set de 2014

Bancários entram em greve por tempo indeterminado a partir de hoje

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Os bancários entraram em greve por tempo indeterminado na madrugada desta terça-feira (30). A decisão foi confirmada após uma assembleia na noite da segunda-feira (29). Além da Bahia, outros 20 estados também resolveram paralisar as atividades, e não há previsão de retorno.

Uma nova assembleia dos bancários está marcada para as 18h30 da quarta (1º), para avaliar o andamento da paralisação. "Temos de nos preparar para uma greve longa. Para isso, é fundamental a participação da categoria para o sucesso do movimento", diz em nota o presidente da Federação da Bahia e Sergipe, Emanoel Souza.

Foram sete rodadas de negociação com a Fenaban sem avanços considerados significativos pela categoria. Os bancos oferecem reajuste de 7%, mas os trabalhadores querem 12,5%, que segundo eles representa 5,4% de aumento real do salário.

Os trabalhadores também pedem piso salarial de R$ 2.979,25. Entre outras reivindicações, como fim das metas, consideradas abusivas, combate ao assédio moral e isonomia de direitos para afastados por motivo de saúde.

O Comando Nacional dos Bancários já havia se posicionado contra a proposta de reajuste salarial na sexta-feira, mas incentivou os 134 sindicatos que representa no País a convocarem assembleias e votarem sobre o assunto. Com o slogan “Queremos Mais”, orientou os associados a rejeitarem a proposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário