24 de set de 2014

Grupo rende funcionários e explode caixa eletrônico em Varzedo

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Um terminal de autoatendimento do banco Bradesco foi destruído em Varzedo, município localizado a 192 quilômetros de Serrinha, durante uma ação criminosa na madrugada desta quarta-feira (24). De acordo com a delegacia de Polícia Civil da cidade, por volta das 3h um grupo com cinco homens invadiu o local onde ficava o caixa eletrônico do banco.

O estabelecimento funciona em um quarteirão onde operam diversos órgãos municipais de Varzedo, no centro da cidade, em frente à sede da Prefeitura. A quadrilha imobilizou dois funcionários municipais que estavam de plantão no local.

"Eles não usaram de violência com os motoristas das ambulâncias municipais que estavam trabalhando. Mandaram as testemunhas ficarem quietinhas, em um canto", diz o titular da delegacia de Varzedo, Luiz Castro Freaza.

Usando dinamite, o grupo explodiu o única caixa eletrônico do Bradesco na cidade. "Ouvimos duas explosões seguidas da delegacia, que fica longe de onde o fato aconteceu. Isso foi o que nos alertou para o assalto", relata o delegado.

"Foi tudo muito rápido, toda a operação não durou mais de 8 minutos". Os cinco homens fugiram logo em seguida, roubando todo o dinheiro do caixa eletrônico, que foi abastecido na véspera. O grupo estava em um Palio Cinza, e foi auxiliada por mais três homens que aguardavam em outro veículo na saída de Varzedo para a zona rural do município.

A Polícia Civil saiu em perseguição dos criminosos, mas a quadrilha conseguiu fugir. A quantia roubada após a explosão ainda não foi determinada, e um inquérito foi instaurado para investigar o caso.

"Esta ação me parece ter sido muito planejada. Durante o roubo, eles inclusive usaram a mesa modalidade que vem sendo usada em outras explosões de caixas bancários da região", opina o delegado Luiz Freaza. Os funcionários rendidos pelos criminosos não foram feridos durante a ação.

Bandidos explodem caixa eletrônico em Varzedo
Clique na imagem para ampliar

Nenhum comentário:

Postar um comentário