11 de abr de 2018

Bahia registra 359 mortes por tuberculose

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A Bahia é o segundo estado do nordeste com o maior números de pessoas com tuberculose segundo informações do Ministério da Saúde. Em 2017, o estado ainda registrou 4.610 novos casos e 359 mortes causadas pela doença, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

A tuberculose é uma doença altamente contagiosa causada por uma bactéria. Pode ser transmitida pelo ar, saliva ou contato com secreções e afeta principalmente os pulmões.

No século XIX, ficou conhecida como o 'mal do século'. Foi a causa da morte de intelectuais, boêmios e poetas, como o baiano Castro Alves, que morreu em 1871, aos 24 anos, vítima da doença.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 70 mil novos casos são notificados no país a cada ano. São cerca 4,5 mil mortes. A meta é que até 2035 tenham apenas 10 casos a cada grupo de cem mil habitantes. Entretanto, a Bahia ainda está bem longe disso: são 29 casos para cada cem mil pessoas.

A própria crise financeira que o país enfrentou vai trazer um reflexo negativo para a doença, considerando que a tuberculose é uma doença que tem um cunho social muito forte. Está muito relacionada a pobreza e vulnerabilidade social.

Um comentário:

  1. Turbeculose tem cura se tratar!
    Mais as pessoas últimamente parece ter medo de médicos!
    A secretaria de saúde disponibilidade de medicament para certos tipos de casos inclusive a turbeculose,o tratamento é feito dentro do PSF e lá os pacientes têm todo o apoio para seguir o tratamento, é de graça e tem cura assim seguindo a risca o tratamento!

    ResponderExcluir