22 de jul de 2015

Quadrilha metralha sede da PM e destrói banco em Cansanção

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Os moradores do município de Cansanção, a 165 km de Serrinha, viveram uma madrugada de terror nesta quarta-feira (22). Um grupo com pelo menos 10 homens fortemente armados invadiu a cidade, intimidou as polícias Civil e Militar e explodiu uma agência do Bradesco no local.

De acordo com informações da delegacia da cidade, a ação aconteceu por volta das 2h, quando os integrantes da quadrilha chegaram no local em pelo menos quatro carros e se dividiram em três grupos - um se dirigiu para a sede da Polícia Militar em Cansação, o 1º Pelotão da 4ª Companhia da PM.

O grupo chegou atirando no local e metralhou a fachada da unidade e uma viatura que estava no local. O segundo grupo foi até a delegacia de Polícia Civil, onde atirou para o alto. "Parecia uma praça de guerra, foram mais de 300 tiros. Eles queriam intimidar a polícia e impedir os curiosos de irem observar o assalto", relatou um morador da cidade, que preferiu não se identificar.

Enquanto parte da quadrilha impedia a saída das unidades de policiamento da cidade, o terceiro grupo se dirigiu até a agência do banco Bradesco e explodiu quatro terminais de autoatendimento. Ainda de acordo com a Polícia Civil, eles também tentaram estourar o cofre da agência, mas não conseguiram. 

Com o impacto das explosões, a agência do Bradesco ficou completamente destruída. O teto do estabelecimento cedeu, e a fiação do local ficou exposta. Os assaltantes fugiram levando o dinheiro dos terminais de autoatendimento, porém a quantia roubada durante a ação ainda não foi determinada.

Ainda de acordo com a delegacia de Cansanção, a Companhia Independente de Polícia Especializada (Cipe/Caatinga) e as polícias Militar e Civil realizam buscas pelos suspeitos na região, mas ninguém ainda foi preso. Somente no mês de Julho foram registrados 19 ataques a bancos em toda a Bahia, de acordo com o Sindicato dos Bancários na Bahia.

"Parecia uma praça de guerra, foram mais de 300 tiros", disse morador da cidade

Vidros de viatura foram metralhados

Sede da PM apresenta diversas marcas de tiro

Cerca de 15 homens participaram da ação; não houve feridos

Foto: Portal de Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário