21 de jul de 2015

Número de homicídios cai 7,94% na região do sisal, aponta relatório da PM

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

O 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), por meio da assessoria de comunicação social, apresentou na última sexta-feira (12), no auditório da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), um relatório estatístico analítico de ocorrências e ações do BPM referente ao primeiro semestre de 2015.

Presidida pelo comandante do 16º BPM, Tenente Coronel Nilton Paixão, o evento contou com a participação do Capitão Agassiz Jorge Sampaio, chefe da assessoria de comunicação social, do Capitão Joilson Lessa, coordenador de planejamento operacional e instrução, e radialistas.

O objetivo foi apresentar a estatística criminal da região, índices da produtividade policial, além de expor os projetos sociais que são desempenhados pela unidade, com destaque para o Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), que atendeu 8 escolas da rede municipal de ensino de Serrinha e capacitou 250 crianças no primeiro semestre deste ano. Para o segundo semestre, a expectativa do programa é aumentar o número de escolas atendidas (10) e de crianças capacitadas (320).

Os números do relatório apontam uma redução de 7,94% na estatística de crimes violentos letais intencionais (CVLI) nas 19 cidades que compõem a área de atuação do 16º BPM (Serrinha, Santa Bárbara, Santanópolis, Lamarão, Barrocas, Teofilândia, Araci, Santaluz, Valente, São Domingos, Retirolândia, Coité, Riachão do Jacuípe, Pé de Serra, Nova Fátima e Capela do Alto Alegre, Ichu, Candeal e Tanquinho).

O levantamento equivale ao período de janeiro a junho de 2015, comparado ao mesmo período do ano passado. Nos cinco primeiros meses de 2014 foram registrados 63 homicídios na área do BPM. Este ano, foram 58.

O Relatório aponta que em Serrinha, sede do Batalhão, houve uma redução de 26,3% no número de CVLIs, caindo de 19 registrados entre janeiro e junho de 2014, para 14 no mesmo período de 2015. Se levar em consideração apenas o mês de abril de 2015, verifica-se que houve uma redução ainda maior se comparado com o mesmo mês do ano passado, quando se registrou 7 assassinatos contra 1 deste ano. 

Barrocas e Valente registraram aumento no número de CVLIs nos cinco primeiros meses deste ano. Pulou de 0 e 1 em 2014 para 4 e 3 em 2015, respectivamente.

Na avaliação do Tenente Coronel Nilton Paixão, as ações comunitárias do 16º BPM, como a intensificação do policiamento a pé no centro comercial, a instalação do trailer nas imediações do calçadão Araújo Pinho e a interação da Polícia Militar com o comércio local, reduziram significativamente os índices de furtos, roubos e lesões corporais na cidade de Serrinha. Ele prometeu reforçar o policiamento motorizado e intensificar o combate à poluição sonora nos finais de semana.

O comandante destacou também a produtividade policial da tropa, na qual 17 armas foram apreendidas, 178 pessoas foram conduzidas, 53 pessoas foram presas em flagrante, num total de quase 36 mil abordagens policiais. ”Esse é o resultado de uma tropa coesa que se destaca com eficácia na qualidade técnica e operacional nas missões policiais” elogiou o oficial.

Ainda segundo o balanço, nos cinco primeiros meses do ano, 17.966 veículos foram abordados, sendo que 271 foram conduzidos para averiguação, 265 foram notificados e 9 foram recuperados.

Na ocasião, o comandante anunciou a mudança da sede do BPM, melhorias no sistema de comunicação da unidade, mudança da frota e aumento de efetivo. No final do encontro, o comandante do 16º BPM agradeceu a presença de todos e parabenizou todo o efetivo policial que compõe a unidade.

Encontro reuniu oficiais da PM e radialistas

Encontro reuniu oficiais da PM e radialistas

Nenhum comentário:

Postar um comentário