29 de jul de 2015

Após salários atrasados, funcionários de hospital de Castro Alves entram em greve

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Os funcionários do Hospital Regional de Castro Alves, município na região do recôncavo baiano, a 163 km de Serrinha, paralisaram as atividades nesta quarta-feira (29), por tempo indeterminado. De acordo com o representante do Sindicatos dos Trabalhadores da Saúde na cidade, Benivaldo Bonfim, o ato é por tempo indeterminado, por conta do atraso de salários.

A reportagem tentou entrar em contato com o hospital, mas ainda não obteve retorno. Devido à greve, apenas a emergência e urgência da unidade de saúde estão em pleno funcionamento, segundo Bonfim. "Fizemos uma escala de 30% do efetivo trabalhando, como manda a lei, então, em todos os setores, tem gente trabalhando.

Fizemos isso porque aqui é constante o atraso de salário. Já estamos com dois meses de atraso e julho já está vencendo também", explicou.

Integrantes do sindicato espalharam faixas na frente da unidade de saúde e aguardam o posicionamento dos responsáveis pelo hospital para um acordo. O hospital é o único da cidade e atende também a população da zona rural, segundo informações do sindicato.

Funcionários do Hospital regional de Castro Alves reclamam do atraso de salários

Nenhum comentário:

Postar um comentário