25 de jun de 2014

Médicos suspendem atendimento a segurados do plano Bradesco Saúde na Bahia

Redação Portal Clériston Silva PCS 

O Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed-Ba) iniciou a suspensão nesta quarta-feira (25) dos atendimentos aos segurados do plano Bradesco Saúde. Segundo o presidente do Sindimed Francisco Magalhães a suspensão foi provocada pela falta de reajuste nos valores pagos aos médicos por exames e procedimentos médicos no estado.

"No momento, não existe negociação. O Bradesco Saúde se recusa a negociar há algum tempo reajustes para procedimentos médicos, por isso nós resolvemos parar. São mais de 200 mil vidas assistidas pelo plano", explicou Francisco Magalhães ao site Correio24horas. Ele diz que a empresa se recusa a negociar o aumento dos valores.

Com a suspensão, que não em prazo para acabar, ficam garantidos apenas os atendimentos de emergência e urgência. Consultas eletivas não serão realizados. A decisão da paralisação foi decidida em assembleia realizada no dia 3 de junho.

"Nós temos uma assembleia marcada para a segunda-feira (30). O Sindimed quer a implantação da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) já que outros planos segmentados por categoria já utilizam esse parâmetro, mas o Bradesco não", disse Magalhães.

Segundo o sindicato, consultas e procedimentos podem ser feitos, "desde que o segurado utilize a modalidade de reembolso, pagando diretamente aos profissionais e cobre do plano o ressarcimento".

Nenhum comentário:

Postar um comentário