21 de ago de 2010

Grávida de 8 meses é estuprada em Uauá

Foi preso na última quarta-feira (18) em Uauá, a 237 km de Serrinha, o acusado de ter estuprado uma grávida de oito meses na mesma cidade, na última sexta-feira, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Arlindo dos Santos Neto foi preso por policiais da 19ª Coordenadoria Regional de Polícia (Coorpin) e por PMS.

O crime aconteceu na casa da própria vítima, V. S. O. 29 anos, no bairro Popular, depois que Neto tocou a campainha. Depois do crime, a vítima, que também foi agredida, foi para um hospital. Temendo represálias, ela não queria chamar a polícia, mas os próprios trabalhadores do hospital comunicaram as autoridades.

Neto foi encontrado escondido em um matagal perto da estrada que dá acesso à Fazenda Queimada dos Loiola. A prisão preventiva do acusado foi decretada imediatamente e ele está na delegacia de Uauá.

Mais calma e já sabendo que seu bebê estava bem, V. S. O. disse à polícia que assim que abriu a porta foi ameaçada com uma faca no pescoço e levada para um quarto da casa, onde sofreu os abusos. Ela disse que só temia pela saúde do seu bebê. Depois, Neto, rindo muito, pediu que ela não "abrisse o bico" e ainda urinou por toda a casa, ameaçando voltar.

Um comentário:

  1. Oh Cleriston gostaria de ver no teu blog noticias sobre pessoas que estão fazendo alguma coisa pela região, iniciativas para desenvolver a cidade, gente que está implementando boas idéias para que sirvam de inspiração para outros. Ideias de cursos e formação...
    A região é carente de recursos, de dinheiro, de novos projetos, de boas idéias.
    Para que serve saber de um estupro de alguém torturado... Diga mais é o que temos que fazer para a cidade ficar mais segura.
    Dê ideias para as pessoas cobraram soluções dos politicos, divulgue como podemos encontrar e falar com vereadores etc. etc..

    ResponderExcluir