14 de jul de 2013

EBDA distribui 330 mil mudas de palma para agricultores da região de Serrinha

Redação Portal Clériston Silva PCS 

Agricultores familiares da região de Serrinha, no Território do Sisal, serão contemplados com 330 mil mudas de palma, distribuídas pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A (EBDA).

A ação, iniciada na cidade de Baixa Grande, no dia 28 de junho, acontecerá na próxima terça-feira (16), às 9h, no auditório da Casa Brasil, na 2ª Conferência Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidária (CTDRSS) do Território do Sisal, no município de Valente, a 238 km da capital baiana.

Cada agricultor familiar (330 no total), de cidades como São Domingos, Queimadas, Nordestina e Biritinga receberá mil mudas de raquete de palma para a alimentação de rebanhos leiteiros bovinos ou caprinos. De acordo com a gerente da EBDA em Serrinha, Célia Dourado Passos, a entrega das mudas no evento acontecerá como um ato simbólico e continuará nos dias seguintes, atendendo aos agricultores da região. “Essa distribuição é muito importante para o fortalecimento da bacia leiteira da região, que após dois anos de seca, teve sua reserva alimentar quase dizimada”, destacou Célia Passos.

Para a entrega total de 11 milhões de mudas de palma forrageira, para agricultores familiares de vários territórios do semiárido baiano, foi feito um investimento de 3 milhões de reais, com financiamento da Casa Civil, através do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funceb). O Território do Sisal é o segundo a ser contemplado com as mudas prontas para o plantio e que poderão ser utilizadas como reserva estratégica, em períodos de longa estiagem.

Por meio do Programa de Segurança Alimentar do Rebanho da Agricultura Familiar, idealizado e desenvolvido pela EBDA em 2011 – responsável pela ação de distribuição das mudas e assistência técnica – vários agricultores familiares serão incentivados para a produção de alimentos, com o objetivo de gerar trabalho, renda e inclusão social.

“A palma contribuirá para a sustentabilidade da bovinocultura de leite e da caprinovinocultura da agricultura familiar”, declara o diretor de Pecuária da EBDA, Marcelo Matos, que estará presente no evento. Além dos territórios Bacia do Jacuípe e Sisal, os próximos a serem assistidos são: Portal do Sertão, Semiárido Nordeste II e Piemonte Norte do Itapicuru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário