27 de out de 2015

Presos garimpeiros acusados de passar dinamite para quadrilha de banco em Pindobaçu

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Dois garimpeiros foram presos pela Polícia acusados de desviar 15 quilos de dinamite de um garimpo em Pindobaçu para uso de uma quadrilha de assalto a bancos. Os acusados foram expulsos da Cooperativa Mineral da Bahia (CMB) que emprega 320 pessoas na região do Piemonte Norte do Itapicuru, a 239 km de Serrinha.

De acordo com a Coluna Tempo Presente, do A Tarde, os dois foram localizados depois de a Polícia apreender os explosivos em posse de uma quadrilha. Pela identificação do material, feita pelo exército, os dois garimpeiros foram encontrados.

Ainda segundo a Coluna, com a descoberta do crime, a CMB ficou proibida e comprar dinamite por 90 dias, com rombo estimado na produção de R$ 15 milhões. A região depende do garimpo e da cadeia produtiva de esmeraldas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário