26 de out de 2015

Lamarão vai ganhar primeira creche Pro Infância; obra está sendo executada

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Uma creche do modelo Pro Infância II começou a ser construída na cidade de Lamarão. O novo equipamento, cujas obras devem ser concluídas em setembro de 2016, está sendo erguido em um terreno de 900 metros quadrados localizado nas proximidades do conjunto residencial Minha Casa, Minha Vida e da nova Unidade Básica de Saúde do município.

A unidade terá capacidade para até 188 alunos na faixa etária de 0 a 5 anos e 11 meses e será dotada de ambientes essenciais para a aprendizagem das crianças, como: salas de aula, sala multiuso, sanitários acessíveis, fraldário, pátio coberto, parque, refeitório, entre outros que permitirão a realização de atividades pedagógicas, recreativas, esportivas e de alimentação, além de serviço.

A unidade Pro Infância possibilitará que as mães trabalhem e desenvolvam suas atividades enquanto seus filhos pequenos ficam na Creche, projetada para cuidar e potencializar as habilidades das crianças em tempo integral.

A creche também terá salas individualizadas para secretaria e coordenação escolar, além de sanitários para os professores. A unidade será totalmente murada e construída de acordo com as normas de acessibilidade exigidas pelo Ministério da Educação.

De acordo com o prefeito Dival Pinheiro (PT), o investimento total é de R$ 1.290.824,28, provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (ProInfância), com contrapartida do município.

“Acima de qualquer coisa é mais um compromisso sendo cumprido. É um trabalho necessário para as crianças nessa faixa etária, porque há um déficit muito grande em Lamarão para esse atendimento. Não é fácil, mas nós vamos superar todas as etapas e entregar uma obra de qualidade, em uma região onde as pessoas realmente precisam”, declarou Dival.

Obra está sendo executada e deverá ser concluída em setembro de 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário