26 de ago de 2014

Estiagem faz 129 cidades decretarem estado de emergência

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Cerca de 30% dos municípios baianos estão em situação de emergência por causa da estiagem. No total, 129 cidades da Bahia sofrem com essa realidade, segundo informações da Defesa Civil.

O município de Barra, que fica na região oeste do estado, é um dos mais afetados pela estiagem. Em alguns locais da cidade, não chove há cinco meses. A última chuva significativa foi em março deste ano e, por conta disso, alguns pontos do Rio São Francisco e do Rio Grande, que banham a cidade, secaram. A devastação da mata ciliar também contribuiu para esse assoreamento.

Já são mais de 150 dias sem chuva na região. Pontos de rios e riachos secaram e a população sofre bastante com a estiagem. “Nós temos uma área de brejos, que é banhada por riachos, e esses riachos, uma boa parte já secou. Isso ocorreu pela escassez de água e também pelo desmatamento das cabeceiras”, disse Paulo Murilo, coordenador municipal da Defesa Civil.

Nas regiões mais afastadas dos rios, as famílias que tiram o sustento da terra vivem o drama da seca. Um agricultor da cidade insiste em preparar a terra para o plantio, mas as lavouras não sobrevivem à falta de chuva. Apesar de ter uma cisterna, o produtor rural sofre com a estiagem. Outras famílias da região passam dificuldades até mesmo para comer.

Segundo a Defesa Civil de Barra, muitas tentativas de amenizar os efeitos da seca não deram certo. “Poços perfurados com a profundidade de 150 metros muitas vezes não têm água. E muitas vezes até consegue a água, mas sem qualidade”, afirma Paulo Murilo.

De acordo com a Defesa Civil, quando uma cidade decreta situação de emergência, o município pode receber verba pública para contratar carros-pipa, por exemplo, e pagar seguro-safra e bolsa estiagem aos produtores que tiveram perdas na lavoura. Além disso, as cidades não precisam fazer licitação em obras para perfuração de poços.

Veja a relação completa

Abaira
Abaré
Andaraí
Andorinha
Amêrica
Dourada
Anagé
Aracatu
Baixa Grande
Barra
Barra do Mendes
Barro Alto
Belo Campo
Boa Nova
Boa Vista do Tupim
Bom Jesus da Lapa
Bom Jesus da Serra
Bonito
Botuporã
Brejões
Brumado
Buritirama
Caculé
Caetanos
Caetité
Cafarnaum
Canarana
Candiba
Cândido Sales
Cansanção
Canudos
Capela Alto Alegre
Capim Grosso
Caraíbas
Carinhanha
Caturama
Central
Chorrochó
Conceicão do Coité
Condeúba
Contendas
Sincorá
Cordeiros
Cravolândia
Curaçá
Dom Basílio
Euclides da Cunha
Encruzilhada
Érico Cardoso
Feira de Santana
Formosa do Rio Preto
Gavião
Gentio do Ouro
Guajeru
Guanambi
Iaçu
Ibiassucê
Ibipeba
Ibipitanga
Ibiquera
Ibitiara
Ibititá
Ibotirama
Ichu
Igaporã
Ipupiara
Irecê
Itaberaba
Itaetê
Itaguaçu da Bahia
Itiruçu
Itiúba
Ituaçu
Iuiu
Jacaraci
Jacobina
Jaguarari
Jequié
João Dourado
Juazeiro
Jussara
Jussiape
Lafaiete Coutinho
Lagoa Real
Lajedinho
Lajedo do Tabocal
Lapão
Licínio de Almeida
Livra. de N. Senhora
Macajuba
Macaúbas
Macururé
Maetinga
Malhada
Malhada de Pedras
Manoel Vitorino
Maracás
Marcionílio Souza
Matina
Mirangaba
Mirante
Monte Santo
Morpará
Mortugaba
Mulungu do Morro
Nordestina
Nova Fátima
Oliveira dos Brejinhos
Palmas de M. Alto
Paramirim
Paratinga
Pé de Serra
Piatã
Pindaí
Pintadas
Piripá
Planalto
Poções
Presidente Dutra
Presid. Jânio Quadros
Quinjigue
Remanso
Riachão do Jacuipe
Riacho de Santana
Rio de Contas
Rio do Antônio
Rio do Pires
Ruy Barbosa
Santa Inês
São Domingos
São Gabriel
Seabra
Sebastião
Laranjeiras
Senhor do Bonfim
Serra do Ramalho
Sítio do Mato
Sobradinho
Tanhaçu
Tanque Novo
Tremedal
Tucano
Uauá
Urandi
Várzea da Roça
Várzea Nova
Vitória da Conquista

Nenhum comentário:

Postar um comentário