14 de mar de 2011

Tragédia: policial decide acabar triângulo amoroso na bala

O soldado da Polícia Militar, Ronilson Alves Ribeiro, 37 anos, atirou duas vezes contra sua ex-companheira e depois disparou contra a própria cabeça em uma loja do comércio de Vitória da Conquista. De acordo com informações da TV Sudoeste, o soldado é lotado em Brumado, mas estava fardado em Conquista, quando tentou matar a mulher, identificada como Maria Aparecida Santos, 22 anos.

A tentativa de homicídio ocorreu no início da tarde desta segunda-feira (14), em uma loja localizada na Rua 2 de Julho, onde a ex-mulher do PM trabalhava. A suspeita é que os tiros tenham sido motivados por ciúmes. Segundo informações, o soldado teria ficado inconformado com o término recente da relação por parte de Maria.

Segundo informações do Blog do Anderson, os dois foram socorridos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A mulher passou por cirurgia no Hospital São Vicente e continua internada, mas não corre risco de morte.

Ronilson acabou morrendo no Hospital Geral de Vitória da Conquista, na tarde desta segunda-feira (14). De acordo com o boletim divulgado pelo hospital ele sofreu uma parada cardíaca. Apesar dos esforços da equipe médica para tentar reanimar o policial, o seu falecimento foi divulgado no início da noite.

Veja outras imagens

Ronilson estava fardado quando tentou matar a mulherA suspeita é que os tiros tenham sido motivados por ciúmes

Foto: Rodrigo Ferraz

Nenhum comentário:

Postar um comentário