26 de mar de 2011

Operação da PRF e ANVISA apreende mais de 28.000 medicamentos irregulares em Santo Estevão

Nesta quinta-feira (24), o segundo dia de operação para combater a comercialização e a venda ilícita de medicamentos, o Núcleo de Operações Especiais (NOE) da PRF/BA e a ANVISA realizaram suas ações no município de Santo Estevão, distante 106 km de Serrinha. Somando as apreensões dos dois dias, 28.000 medicamentos irregulares foram tirados de circulação e seis farmácias interditadas em dois municípios do estado.

Na quarta-feira (23), em Serrinha, primeiro dia de operação, as ações resultaram na interdição de duas farmácias, duas pessoas presas e na apreensão de 17.789 unidades de medicamentos.

Na quinta, os agentes fiscalizaram sete farmácias localizadas no centro de Santo Estevão. Destas, seis foram interditadas por diversas irregularidades e 10.558 unidades de medicamentos foram apreendidos.

Principais ocorrências:

- Farmácia Genérica – preso o proprietário e farmacêutico Keisuk Oyama Velame Fonseca, 31 anos, por manter medicação controlada de forma ilícita;

- Farmácia Silva – presa a proprietária Maria das Dores Silva de Jesus e Silva, 41 anos, também, por manter medicação controlada de forma ilícita;

- Drogaria Minas – interditada por falta de farmacêutico, falta de autorização de funcionamento da ANVISA e falta de autorização sanitária;

- Farmácia Sarmento – interditada por falta de farmacêutico e falta de alvará de funcionamento;

- Farmácia Todo Dia – interditada por falta de farmacêutico e falta de alvará de funcionamento;

- Farmácia do Trabalhador – interditada por falta de farmacêutico e falta de autorização de funcionamento da ANVISA.

Toda a medicação apreendida e os responsáveis foram encaminhados à Polícia Judiciária local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário