7 de dez de 2017

CCJ aprova projeto que regula autorização para menores de 18 anos fazerem tatuagens e colocarem piercing

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O projeto de autoria do deputado Alex da Piatã (PSD) que dispões sobre a proibição de realização de tatuagem ou aplicação de piercing em menor de 18 anos, salvo em autorização dos pais via documento registro em cartório foi aprovado pela Comissão de Constituição de Justiça da Assembleia Legislativa da Bahia. A votação aconteceu na manhã desta terça-feira (5).

Pelo texto, os locais que realizam o procedimento, além da autorização expressa dos pais para atender menores de idade, precisam ainda de alvará atualizado da vigilância sanitária. Além disso, deverá ter livro de registro, numa espécie de prontuário, para controle do que foi feito.

Em sua justificativa, Alex alega que é alta a taxa de pessoas que se arrependem de terem feito tatuagens. “Alguns estudos mostram que 61% dos indivíduos dos grandes centros culturais e comerciais que fizeram tatuagens ou colocaram piercing se arrependeram de um a 12 anos mais tarde”, disse.

“Não tenho nada contra quem gosta e faz, mas os menores precisam ter um controle, pois seus pais são seus responsáveis. E os estabelecimentos que realizam esse tipo de procedimento precisam ter a mais perfeita higiene e seguir aquilo que é recomendado pela vigilância sanitária para garantir a saúde do cliente”, completou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário