19 de out de 2016

Jacobina: Assaltantes de mineradora levaram barras de ouro e armas

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Os homens que assaltaram uma mineradora que pertence a um grupo canadense, na segunda-feira (17), no município de Jacobina, norte da Bahia, levaram barras de ouro, 8 armas, 100 munições e 6 coletes a prova de balas da empresa. As informações foram confirmadas pela Polícia Civil.

Durante a ação, o vigilante José Nilson Aleixo Nascimento, de 36 anos, foi morto a tiros pelos suspeitos. De acordo com a polícia, a vítima, que trabalhava na empresa há 8 anos, foi atingido nas costas e morreu no local do crime.

Segundo a polícia, os policiais que atuaram no crime tiveram dificuldade para chegar à mineradora após o crime, porque os suspeitos espalharam grampos, conhecidos como miguelitos, na estrada que dá acesso à empresa. Durante a fuga, os assaltantes ainda incendiaram ao menos quatro veículos que estavam no caminho.

Conforme a polícia, ainda não há informações sobre a identidade dos suspeitos. Até o fechamento desta matéria, nenhum dos envolvidos no crime havia sido preso. O caso está sob investigação da Polícia Civil.

Caso - De acordo com a polícia, os suspeitos invadiram a empresa, que fica no distrito de Itapicuru, que pertence ao município de Jacobina, por volta de 1h30, e renderam os cerca de 50 funcionários que trabalhavam no momento da ação.

A polícia informou que o assalto durou cerca de uma hora e, quando os suspeitos fugiram, levaram dois funcionários como reféns. As vítimas foram liberadas pouco tempo depois, em uma estrada da região.

Em nota, a empresa que foi alvo do assalto, Jacobina Mineração e Comércio, do grupo Yamana Gold Inc, afirmou que vai prestar todo o apoio à família do vigilante morto na ação, e que aguarda a conclusão das investigações da polícia.

Carros foram queimados durante a fuga

Nenhum comentário:

Postar um comentário