10 de ago de 2016

Vereador 'trai' grupo na hora H e elege adversário em eleição de Ipirá

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Raimundo Simas traiu o grupo "Macacada"
A escolha do quarto prefeito para um mesmo mandato teve roteiro de novela em Ipirá, na Bacia do Jacuípe, nesta terça-feira (9). Duas chapas concorriam ao pleito para decidir quem iria comandar o executivo da cidade nos últimos meses de 2016.

Na chamada hora 'H", um vereador mudou o voto e deu a vitória aos adversários, que representavam o grupo contrário, identificado como "Jacu". O autor da façanha, Raimundo Simas, até então no grupo apelidado de "Macacada", justificou a decisão ao dizer (ver o vídeo abaixo) que se sentia desprezado pelos “aliados”.

"Fui desprezado do começo ao fim. Eu não queria ser vice, mas eles insistiram até desconfiando do meu voto. Mas eu como bom ator, aceitei e tomei cafezinho especial com eles. Mas, na mente, tava (sic) aí para dar a resposta e eu tô (sic) vingado", disse em vídeo o edil, comparando a farsa do voto ao trabalho de um ator.

Com o voto de Simas, o placar virou para 8 a 7 à composição eleita. Vencido e "traído", o vereador Aníbal Aragão descreveu Simas como "pior que Judas", em referência ao apóstolo que delatou Jesus aos Romanos. "Pior do que Judas, coisa de mal-caráter, uma falta de vergonha e respeito ao cargo público. Ele já renunciou o mandato "entre aspas" por interesses próprios", acusou Aragão.

O vereador disse que já entrou com uma ação para suspender a decisão que elegeu Juracy Oliveira Júnior, o Jota, e Albertino Gomes. Em mais uma surpresa do pleito, o prefeito eleito nesta terça nunca ocupou cargo público, apesar de estar ligado aos grupos que comandam a política na cidade.

Juracy Oliveira será o quarto a governar o município, que já teve Ana Verena, Ademildo Almeida e Aníbal Aragão – que foi prefeito após licença de Ademildo que faleceu em julho – em menos de quatro anos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário