16 de ago de 2016

Ipirá: Prefeito acusa oposição de sabotagem e nega manobra fraudulenta em eleição

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Eleito através de uma votação indireta após a morte do então prefeito de Ipirá, Bacia do Jacuípe, Ademildo Almeida, Juracy Oliveira, o “Jota”, afirma que sua gestão - que terá cerca de quatro meses - tem enfrentado tentativas de sabotagem por parte da oposição local.

“Nós estamos enfrentando um boicote a nossa gestão, porque está composta de pessoas apadrinhadas pelo outro grupo. Essas pessoas estão sendo orientadas a faltar ao serviço, a deixar de fazer determinadas atividades”, conta.

Ao site Bahia Notícias, Oliveira citou a desorganização das contas do município como um dos maiores desafios que enfrentará durante seu mandato-tampão, algo pouco usual no cenário político baiano. “As folhas de pagamento estão com índice elevadíssimo. Estamos também com problema na questão eleitoral, que proíbe a demissão de servidores no período de três meses antes e depois das eleições”, acrescenta.

O novo prefeito também comentou as circunstâncias da vitória de sua chapa e negou que a mudança de voto do vereador Raimundo Simas durante a votação tenha tido qualquer aspecto de manobra fraudulenta. “Eu não acredito que Raimundo, sendo o homem que é, faria uma negociação desse tipo. Nós também não faríamos”, garante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário