2 de ago de 2016

Casal é suspeito de matar filha de 5 meses e alega que criança estava com mau-olhado

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um casal é suspeito de ter matado o filho de 5 meses no último final de semana em Nova York, nos Estados Unidos. De acordo com o jornal 'Daily News', Alaia baque sofreu oito fraturas no crânio. Segundo Yasenia Sasso e Jorge Baque, pais da vítima, a criança teria sido levada a uma sacerdotisa depois que os pais desconfiaram que ela estava com mau-olhado. Lá, ela teria enfaixado a menina e rolado ela pelo chão.

A polícia, porém, desconfia dessa versão. A autópsia do corpo da menina determinou que ela morreu vítima de um homicídio, segundo informaram as autoridades de Nova York na segunda-feira (1º). Ela morreu no Elmhurst Hospital Center por "traumatismo craniano abusivo". A informação é de Julie Bolcer, porta-voz dos legistas.

Ainda conforme Bolcer, a criança tinha um hematoma na parte de trás da cabeça e apresentava ferimentos como se tivesse apanhado com algum objeto pontiagudo ou chutada. Na autópsia ficou constatada também uma hemorragia em um dos olhos de Alaia, sugerindo que a criança poderia já ter sido agredida antes.

Ao 'NY Daily News' Eric Sasso, tio da vítima, falou sobre a sobrinha: "Era um bebê lindo de 5 meses que adorava rir", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário