2 de jan de 2011

Mulher confessa ter matado o filho de três meses asfixiado em Amargosa

A mãe do bebê de três meses que foi morto em Amargosa, município do centro sul da Bahia, a 170 km de Serrinha, confessou na manhã deste domingo (02), ter asfixiado o filho até a morte na noite do réveillon.

Na madrugada do primeiro dia do ano, Gabriela Santos Santana, de 22 anos, contou outra versão à polícia. De acordo com Glória Isabel, delegada de Amargosa, a jovem teria dito que três homens invadiram sua casa por volta das 23h30 de sexta-feira (31) e espancado o bebê, que não resistiu e morreu.

Após realizar exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), em Santo Antônio de Jesus, na noite deste sábado (1º), os peritos constataram que ela não foi agredida pelos supostos bandidos. Gabriela admitiu ter matado a criança.

Gabriela Santos, que estava sozinha em casa no réveillon, teria cometido o crime "para descontar a raiva que estava sentindo do pai da criança por não conseguir falar com ele na noite da festa da virada", segundo a delegada de Amargosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário