7 de dez de 2017

Bandidos explodem agências bancárias e fazem reféns em Jaguarari

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A população do distrito de Pilar (a 70 quilômetros do município de Jaguarari), no Centro-Norte do estado, viveu uma madrugada de terror nesta quinta-feira, 7. Um grupo de criminosos, fortemente armados, explodiu duas agências bancárias, do Banco do Brasil e Bradesco. Ainda na ação criminosa, eles trocaram tiro com policiais e fizeram reféns.

Segundo informações do site Jaguarari Notícias, os bandidos iniciaram os ataques, que duraram cerca de 30 minutos, por volta de 1h10. A polícia foi acionada até o local e trocou tiro com os suspeitos, mas, de acordo com relato dos moradores, o grupo fez algumas pessoas como reféns, o que impediu a perseguição dos policiais.

Ainda conforme o site, não há informações sobre o valor roubado ou se houve violação dos cofres. Com a explosão, as agências ficaram totalmente destruídas e os clientes destas instituições bancárias terão que se deslocar às cidades de Bonfim, Uauá ou Juazeiro para realizarem as transações financeiras.

Essa não é a primeira vez que acontece esse tipo de crime na cidade. Há pouco mais de dois meses, outra agência também foi destruída por criminosos.

De acordo com a assessoria de comunicação do Sindicato dos Bancários, neste ano, em toda Bahia, foram registrados 857 casos de ataque às agências bancárias. Foram 49 explosões e 15 arrombamentos.

Terminais ficavam dentro de agência bancária da cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário