3 de abr de 2017

Gika Lopes e vereadores do PT solicitam universalização do acesso água na zona rural de Serrinha

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Por articulação do deputado estadual Gika Lopes, vereadores da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) de Serrinha, debateram a universalização do acesso à água em comunidades rurais em audiências na Cerb e Embasa.

Estamos localizados em uma região que sofre todos os anos com o período de estiagem, o nosso mandato está muito preocupado com a situação de falta e acesso á água, nesse sentido, o deputado Gika tem ido constantemente a Cerb e a Embasa buscar soluções que minimizem os efeitos da seca em Serrinha e região.

Os vereadores Jorge Gonçalves, Renildo Miranda (Nininho) e a vereadora Rose de João Grilo solicitaram extensões de rede água para universalizar o acesso à água em Serrinha, a última gestão municipal, que tinha a frente o ex-prefeito Osni Cardoso (PT), em parceria com o governo do Estado, garantiu para 22 mil famílias o acesso á água potável, restando apenas 5 mil pessoas para universalizar o município.

“O nosso Estado é muito grande e não temos recursos para contemplar todos os projetos, entretanto, estamos buscando soluções imediatas para enfrentar a crise hídrica, o município de Serrinha, por exemplo, precisa de ações de ligação em parceria com a Embasa” afirmou o diretor de Saneamento da Cerb, Eduardo Matos.

Cerb - A Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb) apresentou aos vereadores que das 8 comunidades solicitadas, quatro (Caracol, Palmeira, Tabuleiro da Vertente, Cana Verde) estão com o projeto de viabilidade prontos e já foram encaminhados para a Embasa.

Embasa - O presidente da Embasa, Rogério Cedraz, resaltou que “Serrinha é um dos municípios que mais avançou no acesso água potável na zona rural, vamos avaliar essas quatro comunidades que já possuem o projeto de viabilidade técnica, entrar em contato com a Cerb, e priorizar esses estudos”.

Outras pautas - O município de Nordestina vem passando por um sério problema de abastecimento, que se agrava nesse período de estiagem, o nosso mandato cobrou da Embasa uma medida emergencial para solucionar o problema que afeta a população, em resposta, a Embasa afirmou que vai disponibilizar mais água para o sistema integrado que faz a distribuição na região, resolvendo em até 60 dias o problema de Nordestina, Cansanção e Monte Santo.

Serrinha pode virar uma unidade regional da Embasa - O deputado Gika sempre defendeu a regionalização de unidades que venha a melhorar o atendimento e os serviços prestados a população, durante a reunião, o mandato e os vereadores do PT questionaram se existe um projeto de Serrinha se tornar uma unidade regional da Embasa, em resposta o presidente da Embasa afirmou, “esse é um projeto que está sendo debatido e elaborado, devido a uma reorganização geográfica, Serrinha pode sair de Alagoinhas e se torna uma unidade regional, é uma grande possibilidade” concluiu Rogério Cedraz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário