26 de abr de 2017

Uauá: Estudantes e professora criam repelente contra mosquito da dengue

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um produto à base de ervas encontradas no semiárido para se proteger do temido Aedes Aegypti foi desenvolvido em uma escola de Uauá, região do Sertão do São Francisco, a 247 km de Serrinha. O produto, chamado de “Natural Repellent”, saiu da ideia de duas estudantes, Mirella Martins e Ingredy dos Santos, sob a coordenação da professora de Biologia do colégio estadual Senhor do Bonfim, Jesarela Almeida de Moura.

As três pensaram em como reduzir os casos de dengue na cidade. “A gente via muitos casos de dengue no hospital. A partir daí, começamos a pensar em algum produto que protegesse as pessoas do mosquito”, conta Mirella ao Bahia Notícias. Os ingredientes para fazer o produto podem ser encontrados em boa parte do estado. Basta conseguir capim-santo, erva cidreira, cravo, minho e adicionar glicerina.

As plantas são batidas no liquidificador com um pouco de água. O alho é amassado e inserido na mistura, e por fim se adiciona a glicerina, que atua como hidratante. Depois de ser esquentado em fogo, o produto é esfriado para o uso. Após a preparação, o repelente foi testado em familiares, amigos e vizinhos. “A gente estava preocupada com a reação na pele das pessoas, mas isso acabou não acontecendo “, diz Mirella Martins.

O projeto desenvolvido em Uauá foi a selecionado para a 6ª Feira de Empreendedorismo, Ciência e Inovação da Bahia (FECIBA), que ocorre no segundo semestre deste. O evento é promovido pela Secretaria da Educação do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário